Posto na aldeia Jaguapiru facilita acesso da comunidade indígena aos atendimentos – Semas/Divulgação

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio da Central de Cadastro Único e Bolsa Família, abriu na segunda-feira (11), mais um ponto o atendimento para as famílias indígenas, na Aldeia Jaguapiru. No local serão realizados, tanto o cadastramento quanto o recadastramento do Programa Bolsa Família e de todos os demais benefícios do Cadastro Único.

Os atendimentos ocorrerão na sede da “Tribos Unidas”, em frente da Escola Municipal Tenguatuí Marangatu, por meio de parceria entre a Semas e a liderança indígena, que garantiu a disponibilização do local para atendimento.

Além de permitir maior acesso à comunidade indígena, diminuindo a necessidade de deslocamento da comunidade que busca este tipo de atendimento, a gestão municipal também disponibilizará a presença de um intérprete indígena, por meio de convênio com o Programa Vale Universidade Indígena. Isto garante o atendimento mais qualificado e humanizado, quebrando a barreira linguística que ocorre durante as entrevistas.

Os atendimentos na aldeia Jaguapiru ocorrerão sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8 às 12 horas.