Os cursos, ministrados pela Associação de Ginecologia e Obstetrícia de MS por meio do projeto Apice On, trataram de forma prática técnicas de Aspiração Manual Intrauterina, inserção de DIU e emergências obstétricas

Profissionais do HU-UFGD durante aula prática do treinamento – Divulgação/HU-UFGD

Com o objetivo de manter a permanente qualificação da linha materno-perinatal do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD), cerca de 60 profissionais que atuam no Centro Obstétrico, no Alojamento Conjunto (Maternidade) e no Pronto Atendimento de Ginecologia e Obstetrícia passaram por cursos de aprimoramento ministrados pela Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Mato Grosso do Sul (SOGOMAT-SUL) na última semana.

Voltadas a médicos e residentes da área de Ginecologia e Obstetrícia, as oficinas “Técnica de Aspiração Manual Intrauterina (AMIU)” e “Técnica de Inserção de Dispositivo Intrauterino (DIU) Pós-parto e Pós-abortamento” foram realizadas na tarde de sexta-feira (9), com momentos teóricos e práticos, incluindo a demonstração de inserção de DIU em pacientes do HU-UFGD.

No sábado (10), profissionais de Enfermagem, médicos e residentes de Enfermagem Obstétrica e de Ginecologia e Obstetrícia participaram da oficina de “Emergências Obstétricas”, que teve como finalidade a atualização de conhecimentos e práticas sobre sepse, doença hipertensiva específica da gestação e hemorragia. O grupo, dividido em três equipes, integrou simulações e discussões de casos, além de assistir a uma palestra sobre boas práticas aplicadas ao tema.

Os temas selecionados para as capacitações foram identificados como prioritários durante reuniões do grupo estratégico local do projeto Aprimoramento e Inovação no Cuidado e Ensino em Obstetrícia e Neonatologia (Apice On), do qual o HU-UFGD é participante desde 2017. A iniciativa, implementada pelo Ministério da Saúde, atende 96 hospitais em todo o Brasil e visa a melhoria de práticas nas áreas de atenção obstétrica e neonatal, principalmente no que tange à qualificação da atenção ao parto, nascimento e abortamento, saúde sexual e saúde reprodutiva e atenção humanizada às mulheres em situação de violência sexual.

Todas as oficinas foram realizadas de forma presencial, no HU-UFGD, com a condução dos integrantes da SOGOMAT-SUL Vanessa Chaves Miranda, William Lemos, Nádia Stella Viegas e Maria Eugênia Faria Tavares e com a colaboração da facilitadora Karine Gomes Jarcem, do projeto Apice On.

Para o médico Alessandro Postal, chefe do Setor de Atenção à Saúde da Mulher do HU-UFGD, capacitações como as proporcionadas pelo projeto Apice On são de extrema relevância, principalmente por se tratar de conteúdo atual e que acompanha as mais modernas práticas baseadas em evidências científicas, humanização, segurança e garantia de direitos aos usuários do Sistema Único de Saúde. “Ações como essa colocam o HU-UFGD em alinhamento com o que é preconizado pelo Ministério da Saúde e conduzem a equipe do hospital a um caminho cada vez mais humanizado, refletindo positivamente na qualidade do atendimento prestado à população”, conclui.

Confira o álbum de fotos dos dois dias de cursos.