Droga apreendida pesou 41,6 quilos – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 16 kg de skunk, na noite desta sexta-feira (22) e na manhã deste sábado (23), em duas ocorrências no norte do estado.

A primeira ocorrência foi no km 240 da BR 060, em Bandeirantes/MS, quando a equipe de policiais rodoviários federais deu ordem de parada ao condutor do veículo VW Gol, de placas de Belo Horizonte/MG. O condutor, um homem de 20 anos, aparentou nervosismo com a presença policial e disse que vinha de Ponta Porã. Os policias resolveram fazer uma vistoria minuciosa no veículo e descobriram certa quantidade de skunk, um tipo mais concentrado de maconha, escondida no painel do veículo.

Foi dada voz de prisão ao homem, sendo encaminhado para a Polícia Civil de Bandeirantes. Ao todo, foi encontrado 14,6kg (quatorze quilos e seiscentos gramas) de skunk, distribuídos em vários compartimentos do veículo.

Os agentes descobriram ainda que o veículo usado no transporte era de uma empresa locadora de automóveis de Feira de Santana/BA e deveria ter sido devolvido no último dia 18.

A segunda ocorrência envolvendo apreensão de maconha foi no município de Coxim/MS. Os agentes da PRF fiscalizavam o km 734 da BR 163, quando deram ordem de parada ao táxi modelo VW Voyage, de placas de Campo Grande/MS, que transportava duas mulheres, de 19 e 20 anos. As passageiras demonstraram um excessivo nervosismo com a abordagem. Depois de vistoria nas bagagens delas, os policiais encontraram 16 invólucros contendo skunk, pesando 27 kg (vinte e sete quilos).

As jovens relataram que buscaram a droga na rodoviária de Ponta Porã e a entregariam em Rondonópolis/MT para pessoas desconhecidas por dois mil reais. Elas foram presas e encaminhadas para a Polícia Civil de Coxim. Os entorpecentes também foram entregues à Polícia Civil. O motorista do táxi foi encaminhado como testemunha.

JBS_Covid-19