Neste feriado, há previsão de chuvas para os dias 14 e 15.  Recomendamos aos condutores revisão de pneus, limpadores de para-brisa além de manter velocidade compatível com a condição meteorológica para evitar aquaplanagens. 

Operação inicia às 0h desta quinta-feira, 14, e prossegue até às 23h59 de domingo, 17 – Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciará a Operação Proclamação da República 2019, às 0h desta quinta-feira, 14 de novembro, até às 23h59 de domingo, dia 17.

Durante os quatro dias de Operação, a PRF tem como objetivo incrementar as ações de policiamento e fiscalização com foco na prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito, bem como aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul e intensificar o enfrentamento à criminalidade no período da Operação.

Para reduzir o número de acidentes, a Polícia Rodoviária Federal irá priorizar ações preventivas para reduzir os abusos cometidos na rodovia, especialmente na alcoolemia ao volante, nas ultrapassagens proibidas e o não uso do cinto de segurança, além do uso de cinto e dispositivos de segurança para crianças (cadeirinhas).

O policiamento nas rodovias federais do Estado irá ter reforço dos policiais do setor administrativo, que irão intensificar a fiscalização em locais e horários de maior fluxo e incidência de acidentes graves e de criminalidade, de acordo com estatísticas do órgão, a fim de garantir aos usuários segurança, conforto e fluidez do trânsito.

Com foco na conscientização dos riscos enfrentados pelos viajantes, a PRF promove comando direcionados à educação para o trânsito. Em algumas Unidades Operacionais, os condutores e os demais ocupantes dos veículos são convidados a assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito como: excesso de velocidade, uso de álcool, ultrapassagens indevidas, falta do cinto de segurança e as consequências dessas condutas. É o momento de uma reflexão e auto avaliação de seu comportamento.

Restrições de tráfego – Por medida de segurança, devido ao grande aumento no fluxo de veículos, a PRF restringirá o tráfego de bitrens, rodotrens, treminhões, cegonheiras carregadas e veículos com cargas excedentes, que necessitem de Autorização Especial de Trânsito (AET), somente em rodovias federais de pista simples, em alguns dias do feriado.

Confira abaixo os dias e horários das restrições:

  • 14/11/2019, quinta-feira das 16h às 22h;
  • 15/11/2019, sexta-feira, das 06h às 12h;
  • 17/11/2019, domingo das 16h às 22h.

Dados Operação Proclamação da República 2018

Nos cinco dias de Operação em 2018, entre 14 a 18 de novembro, a Polícia Rodoviária Federal registrou 22 acidentes, 6 sendo graves. 34 pessoas ficaram feridas e 4 foram a óbito.

Foram contabilizadas 78 infrações de ultrapassagens indevidas, sendo dessas, 72 praticadas em faixa dupla contínua. O não uso do cinto de segurança foi responsável por 90 infrações, sendo 82 pelos passageiros que não utilizavam o dispositivo de segurança e 19 por crianças não estarem no bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação.

Foram realizados 2.070 testes de etilômetro, 59 pessoas autuadas e 17 pessoas presas por embriaguez ao volante.

A PRF recomenda aos motoristas algumas condutas para que façam uma viagem mais segura:

  • Planeje sua viagem e faça a revisão de seu veículo. É fundamental verificar a presença e o funcionamento de todos os equipamentos obrigatórios. Verifique também toda a documentação do veículo e do condutor.
  • É obrigatório, em rodovias, o uso dos faróis baixos acesos, mesmo durante o dia. Isso aumenta a visibilidade aos demais condutores e principalmente aos pedestres, além de melhorar a percepção de distância aproximada.
  • Em caso de chuva durante sua viagem, acione os limpadores de pára-brisa, diminua a velocidade e aumente a distância em relação ao veículo que segue a sua frente. Evite estacionar no acostamento. Caso tenha que parar, procure um local seguro afastado da pista de rolamento.
  • Respeite os limites de velocidade estabelecidos para a via e obedeça às placas de sinalização; onde não existir sinalização ou se esta estiver prejudicada, mantenha a velocidade compatível com as condições da via. Quanto maior a velocidade, maior é o risco e mais graves serão os acidentes.
  • O condutor e todos os passageiros do veículo devem utilizar o cinto de segurança. Crianças menores de 7 anos e meio de idade, devem utilizar o equipamento obrigatório compatível (bebê conforto, cadeirinha e/ou assento de elevação). Em caso de autuação o condutor será penalizado e o veículo ficará retido até a regularização da infração.
  • Ultrapasse sempre pela esquerda somente em locais permitidos e principalmente onde haja todas as condições necessárias para execução da manobra com segurança. Antes de iniciar uma ultrapassagem, certifique-se da distância e da visibilidade do veículo que pretende ultrapassar e dos que vêm em sentido contrário. Se outro veículo o estiver ultrapassando ou tiver sinalizado a intenção de fazê-lo, dê a preferência e aguarde a sua vez. Sinalize toda a manobra com antecedência. Redobre a atenção ao ultrapassar ônibus e caminhões. Por se tratar de veículos grandes e pesados, é preciso se certificar de que há espaço suficiente para realizar uma ultrapassagem segura e ao ser ultrapassado não acelere, não mude a trajetória do veículo e mantenha distância segura do veículo à frente.
  • Mantenha-se a uma distância segura do veículo que vai à frente, a fim de se evitar colisões traseiras (tipo de acidente que mais tem sido registrado no Estado) nos casos de freadas bruscas.
  • Cuidado com os pedestres, principalmente em perímetros urbanos cortados por rodovias. Redobre a atenção e reduza a velocidade sempre que verificar a presença de pedestres nos acostamentos e às margens das rodovias.
  • É importante também sempre levar água, frutas e alimentos não perecíveis no interior do veículo, para situações inesperadas como congestionamentos e interdições de pista.
  • Todos os ocupantes do veículo devem portar documento de identificação, inclusive crianças e adolescentes.
  • Ocupantes de motocicletas devem sempre usar o capacete. Mantenha distância das laterais traseiras dos veículos, eliminando assim o chamado “ponto cego”. Antes de mudar de faixa de rolamento use os retrovisores. Não trafegue próximo a caminhões. O deslocamento de ar produzido por esses veículos pode desestabilizar a motocicleta. Sempre circule com o farol ligado, para facilitar a visualização da motocicleta pelos pedestres e pelos veículos que estão em sentido contrário. Além disso, trafegar com o farol de motocicleta apagado é infração passível de penalidade de multa e suspensão do direito de dirigir.