Prefeitura encaminha estudos para promover empresas locais

Em reunião com empresários, vereadores e secretários, prefeita Délia defendeu fortalecimento das empresas douradenses - Foto: A. Frota
Em reunião com empresários, vereadores e secretários, prefeita Délia defendeu fortalecimento das empresas douradenses – Foto: A. Frota

A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável, promoveu uma reunião na manhã desta segunda-feira no gabinete da prefeita Délia Razuk e encaminhou conversas para que uma proposta de incentivo às empresas locais seja reforçada em Dourados.

O principal ponto da reunião foi o fato de que, dentre tantas potencialidades de Dourados por meio da atuação dos empresários e empreendedores, em muitos casos, não se justifica a busca de materiais e métodos em outras praças, desprestigiando a economia local.

Com o foco em mais empregos, mais arrecadação e mais incentivos à produção local, a prefeita Délia deu o encaminhamento a três demandas. Uma delas, uma comissão para identificar os meios de inserir nos projetos de casas populares para Dourados, elaborados em Brasília, a inserção de produtos douradenses.

Em outra determinação, a prefeita pediu que fosse feito um levantamento de todas as potencialidades comerciais e industriais da cidade e que será utilizado na atuação do terceiro encaminhamento, que é a montagem de uma comissão para apresentar as potencialidades do município nas tratativas do Mercosul. A comissão será presidida pelo vice-prefeito Marisvaldo Zeuli.

“Temos que ser protagonistas nesta atuação e Dourados vai apresentar o que tem de melhor para atender às demandas do comércio internacional. Temos que vender para o Mercosul os produtos de Dourados”, disse a prefeita Délia.

Na reunião, a prefeita recebeu dois empresários que apresentaram os produtos em caráter ecológico produzidos em Dourados: um produtor de telhas ecológicas, potencialmente mais baratas que as telhas de cerâmica, e outro de climatizadores, que geram economia de até 90% em relação aos aparelhos de ar condicionado.

“Dentro de um panorama de instabilidade econômica visível em todo o país, a ideia é aproveitar o momento para prestigiar empresas locais e o uso dos seus produtos de forma a fazer economia e atuar como promotores destas empresas dentro do município”, pontuou a secretária de Desenvolvimento, Rose Anne Vieira.

A prefeita Délia Razuk ressaltou que tem muito interesse com a questão ecológica, tanto que, ainda como vereadora em 2012, buscou informações para inserir as telhas ecológicas produzidas em Dourados nos projetos do Minha Casa Minha Vida. “Fiz a solicitação a um deputado e a um senador na época porque a mudança deveria ocorrer nos projetos em Brasília, no entanto, não obtive respostas”, lembrou.

Segundo a prefeita, agora, como administradora, ela pode exercer este trabalho de uma forma diferente e ajudar ainda mais a classe industrial e empresarial da cidade. A inserção destes produtos em obras públicas com recursos próprios também será estudada.

Participaram da reunião os vereadores Junior Rodrigues, Carlito do Gás, Braz Melo, Alan Guedes e Madson Valente, além do vice-prefeito Marisvaldo Zeuli e dos secretários de Desenvolvimento, Rose Anne Vieira, de Obras Públicas, Tahan Sales Mustafa, de Fazenda, João Fava Neto, e de Serviços Urbanos, Joaquim Soares.