Um mecânico de 43 anos de idade, morador em um assentamento rural de Japorã, município situado no extremo sul de Mato Grosso do Sul, foi detido por uma equipe da Polícia Militar na madrugada desta terça-feira (11), após supostamente ter violentado uma vizinha de 50 anos.

Segundo a mulher, ela estava em uma confraternização no sítio de um conhecido, quando o homem se aproximou e disse que teria uma motocicleta em sua casa, para vender. Quando chegaram ao local, ele agarrou a vítima à força e teria mantido relação sexual sem seu consentimento, além de lhe agredir fisicamente e proferir ofensas pessoais.

Em um momento de descuido do autor, ela conseguiu se desvencilhar e empreendeu fuga, sendo que o autor incentivou um cachorro de sua propriedade a atacar a mulher, porém o animal não obedeceu.

Localizado pela PM em sua residência, ele negou o crime e disse que as escoriações apresentadas pela vítima foram provocadas por uma cadela de sua propriedade, que não teria atacado a mulher, e sim pulado nela para brincar.

Diante disso, autor e vítima foram encaminhados a Delegacia de Polícia para melhor esclarecimento dos fatos.