Homilia ocorreu por ocasião do Dia de Finados

Papa Francisco nas Catacumbas de Priscilla – Foto: Divulgação/Vaticano

O papa Francisco presidiu neste sábado (2), Dia de Finados, uma inédita missa em uma catacumba de Roma.

A celebração ocorreu nas Catacumbas de Priscilla, que abrigam mártires mortos entre os séculos 2 e 5 da era cristã e foram reencontradas apenas nos anos 1500. O complexo contempla 13 quilômetros de galerias subterrâneas e era chamado na Roma Antiga de “rainha das catacumbas”.

“É a primeira vez na minha vida que entro em uma catacumba. É uma surpresa, esse lugar nos diz tantas coisas, podemos pensar na vida dessas pessoas que precisavam se esconder, em um momento feio da história, mas que ainda não foi superado”, disse o Papa.

A missa se concentrou nas perseguições que cristãos sofrem em diversos lugares do mundo. “A identidade dessa gente que se reunia aqui para celebrar a eucaristia, para louvar o Senhor, é a mesma dos países onde hoje ser cristão é um crime, é proibido, não é um direito”, afirmou.

Após o fim da homilia, Francisco retornou ao Vaticano e rezou nas grutas da Basílica de São Pedro, que abrigam os túmulos de papas.

Da AnsaFlash