Segundo o delegado 14 internos realizaram a agressão – Foto: Sidnei Bronka

O preso Milandro Fernandes, de 73 anos, foi morto em uma das celas da Primeira Delegacia de Dourados após ser espancado por outros presidiários, nesta segunda-feira (22).

Milandro havia sido preso na madrugada de ontem, durante a Operação Saturação, acusado de ter violentado a neta de 11 anos. Na delegacia, ele foi colocado com outros presos e orientado pela polícia para não comentar sobre o crime que estava sendo acusado. Mas Fernandes, acabou confessando que tinha um mandado de prisão por ter abusado da neta, em seguida, os companheiros de cela começaram a bater nele.

De acordo com o delegado, no total, 14 internos realizaram a agressão.

Segundo informações apuradas pela reportagem da 94FM, Fernandes havia sido denunciado na Delegacia da Mulher há 30 dias pelo abuso na neta, e a delegada decretou a prisão dele, e ontem, foi preso na operação. Porém, ao ficarem sabendo do crime que Milandro havia cometido, outros presos o espancaram até a morte.

Os 14 detentos que estavam na cela foram autuados em flagrante acusados de homicídio.

Orteco