Projeto “Ginaslouquinhos” conta hoje com 310 crianças distribuída em três núcleos – Foto: Waldemar Gonçalves – Russo

Na noite desta quarta-feira última (11/12) o projeto “Ginaslouquinhos” de Ginástica Artística que é executado pelo “Instituto Ginasloucos” em parceria com a UNIGRAN, FUNED (Fundação de Esporte de Dourados), FUNDESPORTE (Fundação de Desporto e Lazer do Mato Grosso do Sul), SED (Secretaria do Estado de Educação) e MPT (Ministério Público do Trabalho) encerrou as atividades deste ano com a realização do 3º Festival da modalidade.

Após o evento que contou com a participação de 310 crianças que fazem parte do projeto nas modalidades de trave, paralela, solo e salto, elas foram contempladas com medalha de participação que foram entregues pelos pais.

O 3º Festival de Ginástica Artística que foi realizado nas dependências da poliesportiva da UNIGRAN, contou com a presença de um grande público entre familiares, amigos e estudantes da unidade de ensino.

Três núcleos

O projeto conta com três núcleos, sendo um no estádio “Douradão”, outro na UNIGRAN e o terceiro que neste ano foi aberto dentro da reserva indígena de Dourados, na Escola Estadual Indígena Guateka Marçal de Souza, é coordenado pelos profissionais em educação física Antonio Carlos Barbosa, o “Kaká”, e Rogério da Cruz Montes, e é ministrado pelos professores Marcus Vinicius Ribeiro, Bruna Pereira de Barros Barbosa, Igor Tavares dos Santos, Daniel Chagas da Silveira, Henrique Maia Bezerra, Vitor Tavares dos Santos e Thais Stefanes França Nascimento.

O projeto “Ginaslouquinhos” tem como principal objetivo através da Ginástica Artística transformar realidades, massificar a modalidade no Estado e aprimorar as habilidades no esporte, estimulando a disciplina e os sentidos de coletividade e responsabilidade. “Transformamos em realidade um sonho que tínhamos, que é o de transformar através da Ginástica Artística a vida destas crianças. Encerramos a temporada deste ano com a certeza de que em 2020 ele estará muito mais forte”, disse Antonio Carlos Barbosa, o “Kaká”, parabenizando a equipe de professores pela dedicação com o projeto que encerrou as suas atividades neste ano.

Prefeitura de Maracaju_Combate à dengue