Militares da Força Nacional foram recepcionados pelo Tenente Coronel PM Carlos Silva, comandante do 3º BPM de Dourados – Foto: Sub-tenente Arguelho

A equipe da Força Nacional que vai atuar em áreas de disputa por terras em Dourados e Caarapó até agosto deste ano já está em Dourados. Os militares, em um total de 51, foram recepcionados pelo Tenente Coronel PM Carlos Silva, comandante do 3º BPM de Dourados.

A presença da Força Nacional em Dourados e Caarapó foi devido um pedido do governador Reinaldo Azambuja e atendido pelo Ministério da Justiça, depois de serem registrados em Dourados, no dia 3 de janeiro, conflitos entre produtores rurais e indígenas, onde indígenas guarani-kaiowá e seguranças particulares entraram em confronto em área de ocupação chamada Ñu Verá, próxima das aldeias Jaguapiru e Bororó. Três índios e um vigilante ficaram feridos.

O pedido para presença dos militares tem a intenção de reforçar a segurança nas aldeias. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), Dourados tem a maior população indígena urbanizada do país, com cerca de 15 mil habitantes, que vivem em uma área de apenas 2,6 mil hectares.

Prefeitura de Maracaju_IPTU