Equipe da Força Nacional em um total de 51 militares já está em Dourados

Militares da Força Nacional foram recepcionados pelo Tenente Coronel PM Carlos Silva, comandante do 3º BPM de Dourados – Foto: Sub-tenente Arguelho

A equipe da Força Nacional que vai atuar em áreas de disputa por terras em Dourados e Caarapó até agosto deste ano já está em Dourados. Os militares, em um total de 51, foram recepcionados pelo Tenente Coronel PM Carlos Silva, comandante do 3º BPM de Dourados.

A presença da Força Nacional em Dourados e Caarapó foi devido um pedido do governador Reinaldo Azambuja e atendido pelo Ministério da Justiça, depois de serem registrados em Dourados, no dia 3 de janeiro, conflitos entre produtores rurais e indígenas, onde indígenas guarani-kaiowá e seguranças particulares entraram em confronto em área de ocupação chamada Ñu Verá, próxima das aldeias Jaguapiru e Bororó. Três índios e um vigilante ficaram feridos.

O pedido para presença dos militares tem a intenção de reforçar a segurança nas aldeias. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), Dourados tem a maior população indígena urbanizada do país, com cerca de 15 mil habitantes, que vivem em uma área de apenas 2,6 mil hectares.