Projeto discutido entre o Estado e o Município prevê adequações na rotatória da Weimar Torres com João Rosa Góes e as demais – Foto: Arquivo/Assecom

Entendimentos que vêm sendo mantidos entre a Prefeitura de Dourados e o Governo do Estado, desde outubro do ano passado, com as empreiteiras responsáveis pelas obras de revitalização da área central da cidade, já sinalizam para a execução de projeto arquitetônico de readequação das áreas onde funcionam as rotatórias na avenida Weimar Torres.

O secretário Tahan Sales Mustafa, da Semop (Secretaria municipal de Obras Públicas), confirmou essa sincronização no cronograma de obras por meio de contatos permanentes com a equipe da Agesul (Agência estadual de Empreendimentos) do Governo do Estado. A reprogramação do projeto, envolvendo as rotatórias, visa a preservar e manter os elementos arquitetônicos existentes nessas áreas.

De acordo com Tahan, inclusive, projetos arquitetônicos e executivos elaborados pela Semop definiram a nova estrutura desses espaços. No caso do cruzamento com as ruas João Cândido Câmara e Toshinobu Katayama, por exemplo, os bustos dos pioneiros homenageados serão mantidos em área central previamente fixada, e que demandou a esses ajustes.

O secretário de Obras disse, ainda, que a Prefeitura mantém a preocupação com a realização de serviços que produzam qualidade e os efeitos esperados por parte da população. “Por isso, é estranho quando nos deparamos com ‘preocupações’ que, às vezes, tem mais o objetivo de reduzir a importância e a dimensão de um serviço desse porte, conquistado pela prefeita Délia junto ao governador Reinaldo Azambuja”, comentou Tahan Mustafa, concluindo que mais importante é o compromisso assumido com as pessoas, pelo bem estar de todos.