Seleção deve ir a campo com zaga ‘reserva’ em teste antes da Copa América

Reta final para a preparação da Seleção Brasileira antes do início da Copa América. Neste sábado, a equipe comandada pelo técnico Tite joga em Portugal, no estádio do Dragão, contra o Panamá.

Com o corte de Vinicius Júnior, em recuperação após lesão no Real Madrid, a seleção deve ter algumas novidades que serão observadas pelo treinador e experimentadas como opção antes do torneio que será disputado no Brasil. A primeira delas é o meio-campo formado por Casemiro, que será capitão nesta partida,

Arthur e Lucas Paquetá. O atleta revelado no Flamengo vai herdar a camisa 10 de Neymar, que também está fora de combate. Tite afirmou que já queria ter testado esse trio que deve entrar como titular e utilizará a partida contra os panamenhos para isso.

Outra novidade que será observada na partida é a escalação de Richarlison, atacante do Everton, no lado esquerdo de ataque, posição em que Neymar costuma jogar pela seleção. Ao lado dele, formam trio de ataque Phillipe Coutinho, em fase contestável no Barcelona, e Firmino, na função de camisa nove.

Na defesa, um novo nome chega para somar. Alex Telles, lateral de 26 anos que atua pelo Porto, fará sua estreia na seleção brasileira pelo esquerdo do campo. O lateral ganhou a vaga após Filipe Luís ser cortado por lesão.

Com uma defesa considerada reserva, o Brasil deve ir a campo com Éderson no gol, Alex Telles, Miranda, Militão e Fagner. Casemiro, Arthur e Paquetá fazem a trinca do meio-campo, enquanto Phillipe Coutinho, Richarlison e Firmino têm a missão de balançar as redes adversárias.
A bola rola para Brasil e Panamá a partir das duas da tarde, horário de Brasilia.