A Seleção Brasileira enfrentará a República Tcheca nesta terça-feira com seis mudanças em relação ao time que empatou com o Panamá por 1 a 1 no último sábado. No treino desta segunda-feira, em Praga, o último antes do jogo, o técnico Tite escalou um sistema defensivo totalmente diferente e promoveu uma alteração no meio-campo.

Titular no sábado, o goleiro Ederson dará lugar a Alisson, principal jogador da posição sob comando de Tite. Na zaga, a nova dupla será Marquinhos e Thiago Silva, companheiros de Paris Saint-Germain, nos lugares de Miranda e Éder Militão. Nas laterais, Fagner e Alex Telles ficarão no banco, com Danilo e Alex Sandro. Por último, o volante Allan será testado no lugar de Arthur.

Dessa forma, a Seleção Brasileira entrará em campo com a seguinte escalação: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Allan, Philippe Coutinho e Lucas Paquetá; Richarlison e Roberto Firmino. O volante Casemiro será novamente o capitão do time.

De volta ao time titular, Allan disputará seu segundo jogo pelo Brasil. O volante do Napoli estreou pela Seleção em novembro do ano passado, em vitória por 1 a 0 sobre o Uruguai. Já para Lucas Paquetá, o jogo desta terça-feira será o segundo como titular da equipe de Tite. Ele já havia atuado duas vezes como reserva, entrando no segundo tempo, e foi titular pela primeira vez contra o Panamá, sendo o autor do único gol brasileiro.

O Brasil enfrenta a República Tcheca nesta terça-feira, às 16h45 (de Brasília), na casa do adversário, em Praga. Será o oitavo jogo da Seleção desde a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Dos outros sete, a equipe de Tite venceu seis e empatou um, justamente o último amistoso contra o Panamá.

Da Gazeta Esportiva