BB e Apex assinam acordo de cooperação técnica para promover as exportações brasileiras

Acordo estabelece plano de trabalho com foco em três macroprocessos

O Banco do Brasil e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) assinam nesta terça, 27, um acordo de cooperação técnica com o objetivo de difundir a cultura exportadora no Brasil. A estratégia é desenvolver soluções conjuntas para promover oportunidades de investimento e comércio exterior do Brasil em setores prioritários para a economia, fomentar e auxiliar na busca e fechamento de negócios de exportação e contribuir para a capacitação do empresário brasileiro em comércio exterior.

O acordo estabelece um plano de trabalho com foco em três macroprocessos:
1 – Desenvolver abordagem comum para as empresas do público-alvo;

2 – Informações e inteligência de mercado;

3 – Ações já realizadas em conjunto para formalização institucional, como a participação do Banco nos Comitês Consultivos da Apex nos Estados.

Para o gerente geral da Unidade de Comércio Exterior do BB, Jayme Junior, o acordo é mais uma oportunidade para os empresários brasileiros que desejam expandir as fronteiras de seus negócios, e uma impulsão aos que já estão nesse mercado. “Temos vasto conhecimento do tema, além de profissionais capacitados, e, juntamente com a Apex-Brasil, podemos e queremos continuar apoiando os empresários brasileiros em seus negócios internacionais, atraindo investimentos estrangeiros para setores estratégicos de nossa economia”, comentou Junior.

O presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia, ressaltou também que os objetivos propostos no ACT, especialmente os de capacitação do empresário brasileiro e o desenvolvimento das soluções conjuntas para promover as exportações e atrair investimentos, possibilitarão grandes resultados em setores prioritários da economia. “Os objetivos desse acordo permitem antever o sucesso dessa parceria. Agora não estamos simplesmente unidos pela proximidade dos nossos escritórios, mas sim por laços institucionais que nos permitirão atingir patamares de desenvolvimento ainda melhores dos nossos clientes”, afirmou Segovia.

Atualmente, o Banco do Brasil possui equipes especializadas nos mercados de câmbio, comércio exterior e negócios internacionais, que atuam nos 9 Escritórios Especializados em Comércio Exterior, 3 Gerências de Suporte Operacional de Comércio Exterior e nas 27 unidades do Banco em 16 países. Já a Apex-Brasil conta com nove escritórios próprios em mercados estratégicos como América Latina, Estados Unidos, Europa, China, Oriente Médio e Israel.

O acordo assinado é o segundo celebrado entre as instituições, tendo o primeiro sido formalizado em 2009.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.