Ambulatório de Covid-19 dá suporte a colaboradores do HU-UFGD

Encaminhamento é feito por meio da Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho; até o momento, todos os testes resultaram negativo

Desde o dia 31 de março, com a implantação do Plano de Contingência Covid-19, está em funcionamento no Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) um ambulatório destinado ao atendimento de colaboradores que apresentem síndrome gripal.

O atendimento específico é realizado em três dias da semana (às terças, quartas e quintas) pela manhã, pelos otorrinolaringologistas do hospital. Nos demais dias e horários, os colaboradores que eventualmente necessitem são atendidos pelo médico do trabalho.

Para solicitar atendimento, o colaborador interessado entra em contato com a Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (SOST), preferencialmente via telefone, é questionado sobre seus sintomas e tempo de evolução, recebe orientações e uma consulta é agendada nesse ambulatório. Já para os funcionários das empresas terceirizadas, a orientação é que se dirijam diretamente ao contratante.

Até o momento, com cerca de 50 dias de funcionamento do ambulatório, 13 colaboradores passaram por atendimento, sendo realizado teste rápido em todos e todos resultaram negativo.

De acordo com a chefe da divisão de Gestão do Cuidado, Carla Cristiane Urnau Veiber, esse fluxo de atendimento ao colaborador é de suma importância, no sentido de dar segurança e orientação a todos. “Além disso, realizando o teste rápido naqueles que se enquadram como síndrome gripal, podemos tranquilizar o colaborador, tratá-lo adequadamente, e ainda evitar absenteísmo desnecessário”, explica a médica.

Para mais informações sobre o ambulatório de Covid-19, o colaborador interessado pode ligar para a SOST (ramal 3055) e falar diretamente com Patrick ou Vanderlei.