Vista parcial do Reservatório e da Barragem da PCH Indaiá Grande – Foto: Agepan

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) já realizou a etapa de campo da inspeção em quatro das seis usinas incluídas na força-tarefa capitaneada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para fiscalização de barragens. Nesta semana ocorrem as vistorias in loco em mais dois empreendimentos.

De 26 de fevereiro a 1º de março foram inspecionadas as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) Indaiá Grande, Alto Sucuriú e Verde 4A, e a Usina Hidrelétrica (UHE) Assis Chateaubriand (Salto Mimoso), não sendo detectadas inadequações.

Com base nos dados do Formulário de Segurança de Barragens (FSB), no Plano de Segurança de Barragens (PSB) e no Plano de Ação de Emergência (PAE), foi verificado se as informações constantes estavam aderentes ao observado na ação presencial. Todos os empreendimentos apresentaram as informações exigidas.

A inspeção visual da barragem e das demais estruturas civis associadas forneceu informações qualitativas, com o objetivo de identificar eventuais não conformidades, deteriorações ou anomalias que porventura existam nas estruturas civis a fim de assegurar que as instalações estejam dentro dos níveis de segurança.

O trabalho segue nesta segunda e terça-feira (11 e 12.3), com a inspeção da Usina Hidrelétrica Ponte de Pedra e Pequena Central Hidrelétrica Ponte Alta. O resultado final será apresentado tão logo sejam concluídos os trabalhos de análise dos documentos, que fornecerá um diagnóstico geral da Conformidade Regulatória de cada empreendimento.