Administração de André Nezzi tem 82% de aprovação em Caarapó

O prefeito André Nezzi avalia que a administração municipal vem atacando os problemas apontados pela população – Foto: Dilermano Alves

Levantamento administrativo da London Pesquisas, empresa do Paraná, realizado em Caarapó neste mês de fevereiro, revela que 82% dos caarapoenses aprovam a administração do prefeito André Nezzi (PDT). A pesquisa foi feita no último dia 11 e ouviu 298 pessoas na sede do município, na reserva indígena Te’yikue e nos distritos de Cristalina e Nova América. 

De acordo com a sondagem, as principais demandas apontadas pela população estão ligadas à área de saúde, à pavimentação asfáltica e à zona rural. “São áreas que sempre aparecem como carentes”, disse o prefeito André Nezzi, referindo-se a pesquisas anteriores às quais teve acesso. “Saúde e pavimentação são os nossos principais gargalos”, destacou. 

De fato, a cidade de Caarapó e os distritos ainda são carentes de obras de infraestrutura. “Apesar do impulso que esse tipo de benfeitoria ganhou nos últimos anos, ainda é grande a área sem pavimentação asfáltica em Caarapó e nos distritos”, disse o prefeito, acrescentando que esse é um setor que está merecendo a atenção do Poder Executivo municipal. “Temos vários projetos de drenagem e pavimentação tramitando nos órgãos federais, para cuja execução estamos pleiteando recursos”, acrescentou André Nezzi, que recentemente esteve em Brasília em busca de apoio para obras de infraestrutura em Caarapó. 

Outro setor que é tratado como prioridade pela atual gestão é a saúde. “Em todo o Brasil, essa é uma área que apresenta problemas, em razão da incapacidade financeira do Poder Público”, argumenta André Nezzi. Na avaliação do dirigente, a demanda é muito maior do que a capacidade de atendimento dos governantes. “Em Caarapó, porém, a nossa equipe faz todos os esforços para reduzir os problemas e prestar um bom atendimento nessa área”, observa. 

O prefeito lembra que, pela lei, o município deve aplicar, no mínimo, 15% da receita corrente líquida na saúde. “Em Caarapó, o investimento chega a perto de 30%”, sublinha. 

Em relação à aprovação do governo municipal – 82%, segundo a London Pesquisas -, André Nezzi afirma que o levantamento indica que a administração está “no caminho certo”. “São apenas 150 dias de gestão. Fomos alçados ao cargo de prefeito em setembro do ano passado, por um imperativo legal. Permanecemos no cargo, de forma interina, até dezembro, quando assumimos definitivamente a função, em razão da nossa disputa vitoriosa no pleito suplementar de novembro”, relembra o prefeito. O mandatário argumenta que ainda não deu tempo de formatar um planejamento “pronto e acabado” para esses quase dois anos de mandato que lhe restam, “mas já definimos as prioridades, que vão exatamente ao encontro das demandas apresentadas pela população na pesquisa”, diz, citando ainda o apoio da Câmara de Vereadores para as ações do Poder Executivo. 

“O índice de aprovação é, de certa forma, surpreendente, pois tivemos de adotar medidas amargas em relação ao nosso quadro de funcionários, o que pode ter provocado descontentamento em parte do funcionalismo”, comentou André Nezzi, referindo a ação do Ministério Público no sentido de corrigir distorções e irregularidades herdadas pela atual gestão no quadro de servidores da prefeitura. “Tivemos que agir, pois, caso contrário, responderíamos pelas irregularidades perante a Justiça, mas, infelizmente, alguns não compreenderam”, argumenta. 

De toda forma, André Nezzi afirma que o foco da gestão é atender o conjunto da população, realizando uma gestão de modo transparente e responsável. “Assim, vamos buscar a construção de uma nova história que privilegie o atendimento de todos, com a execução de obras e prestação de serviços que possam gerar desenvolvimento e bem-estar social”, encerra.