Home Cidades/MS Abril supera março e se torna mês mais letal da pandemia em...

Abril supera março e se torna mês mais letal da pandemia em Mato Grosso do Sul

Exames sendo realizados no Lacen/MS – Foto: Edemir Rodrigues

Assim como ocorreu em outros estados brasileiros, Mato Grosso do Sul fecha o mês de abril como o mês mais letal da pandemia de Covid-19. Durante apresentação dos dados oficiais o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende confirmou abril como o mês mais fatídico.

“Temos hoje números que apontam que estamos certos quando alertamos. Abril foi o mês que tivemos mais óbitos em Mato Grosso do Sul. Superamos março que teve 1.081 óbitos, e em abril, 1.276 óbitos. Ou seja, quase 200 óbitos a mais que o mês anterior”, lamentou.

Veja aqui o boletim de hoje

O acumulado de casos no Estado está em 248.185 mil, e o de óbitos chega a 5.718 óbitos. Conforme boletim epidemiológico apresentado nesta sexta-feira (30) nas últimas 24 horas a Secretaria de Estado de Saúde (SES) recebeu a confirmação de mais 959 pessoas infectadas e de outros 33 pacientes que perderam a vida para a doença.

Por outro lado, o mês de abril teve uma ligeira redução no número de casos confirmados da doença em relação a março. “No mês passado tivemos 34.070 casos, enquanto no mês e abril tivemos 32.587”, ponderou.

Ainda assim Resende alertou que embora tenha ocorrido uma ligeira queda nos casos confirmados o vírus está mais letal. “Aumentou a taxa de letalidade no nosso estado. Saímos de 1.8 em dezembro, e passamos para 2.3 o grau de letalidade. E o mais grave é que quem está morrendo são as pessoas mais jovens entre 20 a 59 anos”.

Conforme boletim apresentado nesta sexta-feira a capital continua sendo o epicentro da doença, com mais 246 novos casos, e contabilizando total de 94.715 infectados desde o início da pandemia. Na sequencia dos municípios com mais confirmados estão: Dourados (+101); Três Lagoas (+74), Corumbá (+43) e Ponta Porã (+33). A média móvel de casos confirmados por dia na ultima semana é de 930,3.

Foram registrados mais 33 óbitos de pacientes que residiam em 16 municípios do Estado. Os óbitos foram registrados em: Campo Grande (+10), Três Lagoas (+5), Dourados (+4) e São Gabriel do Oeste registrou (+2). Entre os municípios que tiveram um óbito cada estão: Água Clara, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Corumbá, Coxim, Guia Lopes da Laguna, Ivinhema, Jardim, Naviraí, Ribas do Rio Pardo e Rio Brilhante.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Definição de Cookie

Abaixo você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FuncionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalíticoNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de otimizar a usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AnúnciosNosso site pode utilizar cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OutrosAlgum conteúdo publicado em nosso site pode incluir cookies de terceiros e de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.