Atletismo é uma das modalidades em disputa no Dourados Paralímpico, que acontece nesta quinta e sexta-feira – Foto: Assecom

A oitava edição do Festival Dourados Paralímpico, que acontece nesta quinta e sexta-feira (23 e 24 de agosto) em Dourados, reunirá 278 paratletas de pelo menos 18 instituições de ensino participantes. Com esta demanda positiva, a prefeita Délia Razuk já pediu que os organizadores programassem um festival mais abrangente no próximo ano. A prefeita destaca que para este evento ocorre uma grande mobilização em razão do fomento à inclusão social.

“Temos um evento que coroa toda uma ação de oportunidades de participação em eventos esportivos também aos paratletas. Dourados é referência graças ao trabalho do Toninho e com o apoio que a Funed oferece, uma oportunidade impar para a população prestigiar e fomentar estas ações”, disse. Segundo o professor Antônio de Souza Pietramale, o ‘Toninho’, eles já pensam em fazer o festival dividido por modalidade esportiva.

Este ano, conforme ressalta o professor que é organizador do evento, o número de inscrições superou a expectativa e até uma delegação de Campo Grande estará em Dourados para participar do Festival. “Teremos 40 paratletas da Funesp que estarão em nossa cidade para prestigiar nosso evento”, disse Toninho.

A comitiva da Capital se unirá a delegações de escolas municipais e estaduais de Dourados e ainda as equipes da Associação Pestalozzi, Associação Dourados Paralímpica e Centro de Convivência Dorcelina Folador.

A abertura oficial do Festival Dourados Paralímpico será a partir das 14h desta quinta-feira (23), no ginásio de esportes da Associação Pestalozzi, e as competições de sexta-feira (24) ocorrerão entre 13h e 17h, em uma mudança de horário por conta da logística dos ônibus.

“Em um intervalo de pouco mais de 3 horas teremos pelo menos 130 provas diferentes no contexto das modalidades, respeitando os quesitos de idade, deficiência e outros”, disse Jânio Amaro, diretor da Fundação de Esportes de Dourados.

Evento nacional

Conforme Jânio, Dourados tem se apresentado como a “Capital do Esporte Paralímpico” em Mato Grosso do Sul. Com mais de mil alunos especiais somente na rede municipal de ensino, o município tem nos projetos de incentivo ao paradesporto um diferencial e por isso foi escolhido para receber um evento nacional.

O Festival Paralímpico previsto para o dia 22 de setembro será um evento do Comitê Paralímpico Brasileiro para experimentação de modalidades paraolímpicas em Dourados e várias cidades do Brasil. O evento acontece entre 9h e 12h. “É um evento que terá todo o envolvimento dos paratletas douradenses e serve para que as pessoas conheçam o movimento paraolímpico no Brasil”, disse Toninho Pietramale.

As parcerias para a realização desta ação são da Prefeitura de Dourados, através da Funed e Secretaria de Educação, Anhanguera, UFGD e Clube Indaiá.