O Atlético-MG derrotou o Unión La Calera, do Chile por 1 a 0, no tempo normal, o que levou a decisão para as penalidades máximas. Nas cobranças, o time alvinegro se deu bem fazendo 3 a 0, com brilho de Victor, que pegou três cobranças dos chilenos, garantindo os mineiros na fase oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Com a equipe titular, esperava-se um volume de jogo maior e até uma vitória fácil por parte do alvinegro. Mas o que se viu foi um La Calera firme na marcação, dando poucos espaços, com uma linha de três zagueiros, que sempre estavam prontos para pegar a sobra do ataque atleticano.

Mesmo inferior tecnicamente, o La Calera não se sentiu intimidado no Independência e segurou os mineiros até a disputa por pênaltis, fazendo um papel muito digno contra um gigante do futebol brasileiro.

Ricardo Oliveira mal, Alerrandro pedindo passagem

O duelo contra o La Calera foi o sétimo jogo do atacante Ricardo Oliveira sem marcar gol. Os últimos jogos do veterano foram de poucos toques na bola, sendo que teve apenas uma chance diante dos chilenos na primeira etapa, mas que ficou nas mãos do goleiro Batalla.

Com a má fase de Ricardo e o primeiro tempo ruim, Rodrigo Santana foi ágil e nem esperou o início do segundo tempo para fazer mudanças. Deixou o time mais ofensivo com Chará no lugar de Cazares, que jogou mal, e Alerrandro na vaga de Oliveira.

A entrada do menino da base fez a diferença. Com estrela, o jovem marcou o gol que tirou parte do sufoco atleticano no duelo com a bem organizada, mas limitada equipe do Unión La Calera. Alerrandro já pede passagem para ter uma sequência maior de jogos, tendo Ricardo Oliveira como bom reserva e mentor do atacante de 20 anos.

Camisa, torcida a favor não assustaram os chilenos

O Unión La Calera tem em sua história três grandes resultados: um título de Série C, um da B chilena e a classificação para sua primeira competição internacional, a Copa Sul-Americana de 2019.

Ainda assim, o Galo teve muitas dificuldades de se impor no jogo e colocar sua maior experiência e tradição como força para conseguir a classificação de forma mais fácil e menos sofrida para o seu torcedor, que foi em bom número no Horto, na fria noite de terça-feira em BH.

O gol de Alerrandro foi na garra, evidenciando mais uma vez o principal defeito do time em 2019: a falta de boas opções de jogadas pelos lados do campo e uma constância maior de jogadores talentosos do meio de campo, caso do equatoriano Cazares, que continua sendo vaga-lume, com brilhos esporádicos.

O “santo” do Galo viveu um início de ano complicado, com cobranças da torcidas, mas voltou a jogar bem e na hora de mais uma decisão por pênaltis, pegou três penalidades, de Bou, Larrondo e Leyton, garantindo o time brasileiro nas oitavas de final da Sula. Léo Silva, Luan e Fábio Santos marcaram para o Galo.

Compromisso pelo Brasileiro 

O Galo volta a campo no domingo, 2 de junho, contra o CSA, no Independência, às 19h,pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Os mineirão são os vice-lideres da competição com 12 pontos, atrás apenas do Palmeiras.

O Atlético-MG vai encarar oitavas de final Sol de América-PAR ou Botafogo. O Fogão venceu o primeiro jogo no Paraguai por 1 a 0 e pode empatar para avançar nesta quarta-feira.

Ficha Técnica

Atlético-MG 1 (3) x (0) 0 Unión La Calera
Data/Hora: 28/05/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Auxiliares: Miguel A Nievas e Horácio Ferreiro (URU)
Cartões Amarelos: Leonardo Silva (ATL)
Cartões Vermelhos: não houve
Público e Renda: não divulgados

Gols: Alerrandro, aos 24’- 2ºT

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison, Jair e Luan; Cazares(Chará-intervalo), Geuvânio(Maicon Bolt, aos 17’-2ºT) e Ricardo Oliveira(Alerrandro-intervalo). Técnico: Rodrigo Santana.

UNIÓN LA CALERA: Augusto Batalla; Andia, Pablo Alvarado, Christian Vilches, Navarrete(Thomaz Rodríguez, aos 258’-2ºT) e Wiemberg; Matías Laba, Lobos(Leyton, aos 38’-2ºT), Juan Leiva(Zuniga, aos 42’-2ºT); Marcelo Larrondo, Walter Bou. Técnico: Francisco Meneghini

Do Lance!