Vereador Jânio Miguel solicita ponto de ônibus próximo à APAE de Dourados

Jânio visitou a entidade para averiguar a real situação - Divulgação
Jânio visitou a entidade para averiguar a real situação – Divulgação

O vereador Jânio Miguel (PR) solicitou à prefeita Délia Razuk (PR) que sejam tomadas providências, em relação a instalação de um ponto de ônibus próximo da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Dourados para a atender as pessoas que frequentam a instituição.

A indicação foi realizada após o vereador receber um ofício da direção da Associação, que atende 230 alunos, relatando a necessidade de facilitar a locomoção dos estudantes, que muitas vezes, precisam percorrer uma longa distância, o vereador visitou a entidade para averiguar a real situação.

Na ocasião, Jânio ouviu o presidente da Apae, Jorge Trota, que relatou sobre a a dificuldade enfrentada principalmente nos dias de chuva. “O ponto mais próximo de parada do ônibus é em frente à Unigran. O ideal é que se alterasse o itinerário do coletivo até as mediações da APAE, isso ajudaria bastante os pais, que muitas vezes andam com seus filhos no colo por uma distância desumana”, explicou.

Jânio Miguel, durante pesquisas, constatou que o Artigo 236- da Lei Orgânica do município declara que o “Poder Público Municipal desenvolverá programas de transporte escolar que assegurem os recursos financeiros indispensáveis para garantir o acesso de todos os alunos à escola, em especial às pessoas com deficiência física ou mental”.

Ele lembrou ainda que o trabalho de fiscalização do Legislativo tem auxiliado a prefeitura em suas ações, garantindo o cumprimento das leis em exercício da cidadania. “A educação é um direito social defendido na nossa constituição federal, assim como a acessibilidade, direito a igualdade e a dignidade devem ser defendidos pela união, estados e municípios”, mencionou o legislador em visita à entidade.

APAE

A Apae, entidade filantrópica, foi fundada há 44 anos em Dourados, e tem como missão a articulação de ações que promovam o exercício da cidadania e a defesa de direitos da pessoa com deficiência intelectual e múltipla, bem como, a sua inclusão social, além de oferecer: avaliações em diagnósticos, atendimento educacional, oficinas terapêuticas, psicologia, incentivo a alfabetização, assistência social, odontologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, médico, também apoia toda a família do aluno.