Pinheiro foi doado por região italiana devastada por chuvas

Inauguração de árvore de Natal do Vaticano – Foto: Ansa/Ettore Ferrari

Com a presença de milhares de fiéis, o Vaticano inaugurou nesta quinta-feira (5) o presépio e a árvore da Praça São Pedro para o Natal de 2019.

A encenação do nascimento de Cristo foi feita em madeira e provém de Scurelle, cidadezinha de 1,4 mil habitantes situada em Trentino-Alto Ádige, região do extremo-norte da Itália.

Já o pinheiro, um abeto vermelho de 26 metros de altura e 70 centímetros de diâmetro, foi tirado do Planalto de Asiago, no Vêneto, nordeste do país. A doação foi feita por um consórcio de cidades da província de Vicenza, que também levou ao Vaticano cerca de 20 árvores menores.

As regiões de origem do presépio e da árvore de Natal foram duramente atingidas por tempestades, inundações e deslizamentos de terra em outubro e novembro de 2018. Apenas nos arredores das Dolomitas, nos Alpes italianos, pelo menos 100 mil hectares de bosques foram devastados.

Uma barragem chegou a ser totalmente tomada por árvores arrancadas pelas tempestades. Antes da inauguração, o papa Francisco se reuniu com as delegações do Vêneto e de Trentino-Alto Ádige e disse que os eventos do ano passado são “sinais de alerta que a criação nos manda e que nos pedem para tomarmos decisões imediatas e eficazes para proteger nossa casa comum”.

“Obrigado, caros amigos, por esses presentes, e também pelas árvores menores destinadas a outros ambientes do Vaticano. O abeto vermelho que vocês doaram representa um sinal de esperança para suas florestas, para que possam ser limpas o mais rapidamente possível”, acrescentou o Pontífice. (Da AnsaFlash)

Deputado Zé Teixeira