Vasco e Fluminense fazem primeiro clássico carioca do Campeonato Brasileiro

No primeiro clássico carioca do Campeonato Brasileiro o Vasco recebe o Fluminense neste sábado, às 16h (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), na abertura da terceira rodada. O Tricolor, empolgado por ter vencido o Atlético-MG por 2 a 1 em Minas Gerais, lidera com seis pontos e cem por cento de aproveitamento, ao lado do Grêmio. Pelo mesmo marcador o Cruz-Maltino superou o Bahia, conquistando seus três primeiros pontos e reagindo após estrear sendo goleado pelo Palmeiras por 4 a 0.

Ao longo da semana os dois treinadores, Milton Mendes, do Vasco, e Abel Braga, do Fluminense, procuraram trabalhar os vários aspectos de rivalidade que vem rondando o clássico nos últimos anos. Desde a disputa por jogadores, até mesmo pelo lado dos torcedores no Maracanã, o clima tem ficado pesado quando ambos se enfrentam.

“A rivalidade entre dois times é sempre muito importante quando fica dentro da esfera desportiva. Vasco e Fluminense são dois grandes clubes e estamos nos preparando para mais uma partida decisiva, como todas deste Campeonato Brasileiro”, disse o atacante Henrique Dourado, do Fluminense.

Esse ano mesmo a rivalidade está acirrada porque nos dois confrontos entre ambos, pelo Campeonato Carioca, o Tricolor venceu os dois por 3 a 0. Durante a semana o volante tricolor Wendel chegou a provocar os vascaínos por conta disso. Os cruz-maltino, porém, procuraram acalmar os ânimos.

“Eu não gosto desse tipo de situação. Gosto das coisas mostradas dentro de campo. Foram bem contra o Vasco, mas acho que não serviu muito para eles. Não gosto de entrar neste tipo de polêmica”, disse o goleiro uruguaio Martin Silva.

Para começar a mudar essa história, os jogadores do Vasco apostam na força de sua torcida, já que jogam em São Januário.

“Sabemos que no Campeonato Brasileiro o fato de jogar em casa é sempre importante quando a torcida joga junto com o time. Vimos isso contra o Bahia e esperamos que essa grande presença se repita na partida contra o Fluminense, que é um clássico onde qualquer fator pode acabar desequilibrando. A nossa expectativa é que São Januário seja um aliado ao longo de toda a nossa campanha”, disse o volante Douglas.

Cientes de que a pressão será grande, o elenco tricolor se cobra personalidade para manter os cem por cento de aproveitamento no Brasileirão. Será a primeira vez que eles jogarão em São Januário esse ano.

“Nós precisamos jogar com personalidade, procurando impor o nosso estilo de jogo independentemente de onde a partida seja realizada. Nós estamos dispostos a brigar por grandes objetivos nesta temporada e por isso mesmo sabemos que temos que procurar somar pontos em todos os jogos e em todos os estádios. Não existe jogo tranquilo no Campeonato Brasileiro e esse vai ser mais um em nossa trajetória”, disse o zagueiro Henrique.

Em termos de escalação, para este compromisso o Vasco tem um problema certo. O zagueiro Rafael Marques sofreu estiramento muscular na coxa esquerda e já foi vetado pelo departamento médico. Assim, Breno vai compor o setor com Paulão. O volante Jean, que sofreu uma entorse no tornozelo direito, se recuperou ao longo da semana e deve jogar normalmente.

Pelo lado do Fluminense, o lateral-direito Lucas, recuperado de dores no tornozelo direito, vai a campo, porém, o atacante Wellington Silva, ainda reclamando de dores na região pubiana, segue de fora. Em relação ao time que bateu o Galo a mudança será a saída do meia equatoriano Junior Sonorza, que fraturou o tornozelo esquerdo, passou por uma cirurgia e ficará pelo menos três meses afastado dos gramados. O jovem Marquinhos Calazans assume o posto.

Ficha Técnica
Vasco-RJ x Fluminense-RJ

Local:São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data:27 de maio de 2017 (Sábado)
Horário:16h(de Brasília)
Árbitro:Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes:Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (Fifa-SP)

VASCO:Martín Silva, Gilberto, Breno, Paulão e Henrique; Jean, Douglas, Yago Pikachu, Mateus Vital e Kelvin; Luis Fabiano
Técnico:Milton Mendes

FLUMINENSE:Diego Cavalieri, Lucas, Nogueira, Henrique e Léo; Jefferson Orejuela, Wendel, Gustavo Scarpa e Marquinhos Calazans; Richarlison e Henrique Dourado
Técnico:Abel Braga

Da Gazeta Esportiva