Palestinos acompanham discurso de Abbas em Nablus, Cisjordânia - Foto: EPA
Palestinos acompanham discurso de Abbas em Nablus, Cisjordânia – Foto: EPA

“A decisão de Trump equivale a uma renúncia da parte dos Estados Unidos ao papel de mediador da paz”, disse o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, em um discurso à nação.

Além disso, ele ressaltou que Jerusalém é a “capital eterna do Estado da Palestina”. “A decisão de Trump ajudará as organizações extremistas a promoverem uma guerra religiosa que prejudicará toda a região, que já atravessa um momento crítico, e nos levará a uma guerra sem fim”, acrescentou Abbas.

Da AnsaFlash