Líder norte-coreano fez sua 1ª visita a China nesta semana

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quarta-feira (28) acreditar que o encontro entre o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, e o presidente da China, Xi Jinping, foi positivo, mas as pressões ainda serão mantidas. Além disso, disse estar ansioso para sua vez chegar.

“Recebi mensagem na noite passada de Xi Jinping da China de que seu encontro com Kim Jong-un correu muito bem, e que Kim está animado para se encontrar comigo. Enquanto isso, e infelizmente, sanções e pressão máximas precisam ser mantidas a todo custo”, escreveu o republicano em sua conta no Twitter.

Após diversas trocas de insultos e até mesmo sanções, um encontro histórico está previsto entre os dois líderes. A data e local ainda não foram divulgados, mas é estimado que seja em maio. Um das pautas principais da reunião será a desnuclearização da Península Coreana. “Por anos e por muitos governos, todos pensaram que não haveria a menor possibilidade para a paz e a desnuclearização da Península Coreana. Agora, há uma boa chance que Kim Jong-um irá fazer o que é certo para seu povo e para a humanidade. Estou ansioso para nossa reunião”, acrescentou.

Da AnsaFlash