Kim e Trump se reuniram pela primeira vez em 12 de junho, em Singapura – Foto: ANSA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou que seu próximo encontro com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, será em Hanói, capital do Vietnã, nos dias 27 e 28 de fevereiro.

O país e as datas já haviam sido anunciados por Trump em seu discurso sobre o Estado da União, mas a cidade foi confirmada apenas na noite desta sexta-feira (8).

“Meus representantes acabam de deixar a Coreia do Norte, depois de um encontro muito produtivo, e concordaram com a data da segunda reunião com Kim Jong-un. Ela será em Hanói, no Vietnã, em 27 e 28 de fevereiro. Estou ansioso para ver Kim e tratar da causa da paz”, escreveu o presidente no Twitter.

Segundo Trump, sob a liderança de Kim Jong-un, a Coreia do Norte se tornará uma “grande potência econômica”. “Ele pode surpreender alguns, mas não me surpreenderá, porque eu já o conheci e entendi totalmente o quão capaz ele é. A Coreia do Norte se tornará um tipo diferente de foguete, um econômico”, acrescentou.

Ao longo de 2017, antes do início do processo de reaproximação, Trump chegou a chamar Kim de “pequeno homem-foguete”. O americano e o norte-coreano já se reuniram em 12 de junho de 2018, em Singapura, no primeiro encontro na história entre líderes dos dois países. Na ocasião, ambos se comprometeram com a paz e a desnuclearização da Península Coreana.

Desde então, o regime de Kim Jong-un não realizou nenhum teste nuclear ou balístico, mas também não demonstrou intenção de abrir mão de seu arsenal atômico.

Da AnsaFlash