Tratativas com Luiz Adriano não avançam, e Grêmio faz consulta ao Palmeiras por Borja

Clube gaúcho está no mercado atrás de um centroavante e demonstrou interesse na contratação do colombiano por empréstimo

Borja está de volta ao Palmeiras após empréstimo no Júnior, da Colômbia – Foto: Cesar Greco

Sem avanço nas tratativas com Luiz Adriano, o Grêmio fez uma consulta ao Palmeiras por Miguel Borja nos últimos dias para tentar a contratação do jogador por empréstimo. O centroavante está de volta ao clube paulista após passar os últimos 18 meses emprestado ao Junior Barranquilla, da Colômbia.

Em sua passagem por seu país natal, Borja teve bom desempenho: marcou 35 gols em 59 partidas. A boa fase rendeu convocações para a seleção colombiana para a disputa das Eliminatórias e da Copa América.

Com a ideia de negociar Borja para recuperar o investimento, o Palmeiras está aberto a ouvir propostas. O Boca Juniors tentou a contratação do atacante, mas não conseguiu avançar na parte salarial e o negócio esfriou.

E em busca de um centroavante afirmado, que chegue e possa assumir a titularidade, o Grêmio se mostrou disposto a realizar um investimento de peso. O clube ouviu as condições do Palmeiras para acontecer negócio: pagar pelo empréstimo, bancar 100% dos salários, liberá-lo em caso de oferta para venda e o atacante renovar com o Verdão pelo prazo que durar o contrato com o Tricolor.

Conforme apurou o ge, a proposta gremista já conta com uma quantia a ser paga ao Verdão, na casa dos R$ 6 milhões, para contar com o jogador até o final do ano que vem. Desta forma, Borja teria de renovar por mais 18 meses com o Palmeiras antes.

Conforme informaram fontes ouvidas pelo ge, o Grêmio também está disposto a aceitar os termos do Palmeiras: liberar Borja em caso de proposta de venda para times do exterior e a assumir integralmente o pagamento dos salários do jogador, cerca de R$ 500 mil.

O contrato de Borja com o Palmeiras é válido até o fim de 2022, e o Verdão hoje pode renová-lo unilateralmente por mais um ano. Caso o Grêmio se acerte com os empresários do jogador, e o centroavante também aceite prolongar o vínculo com o clube alviverde, o negócio pode sair.

Reintegrado no início da semana ao Verdão, Borja é o terceiro centroavante à disposição de Abel Ferreira, que conta também com Deyverson e Luiz Adriano, em fase final de recuperação de um edema no joelho direito. Parte do elenco campeão brasileiro de 2018, o ex-camisa 9 tem 109 jogos pelo clube paulista e 35 gols, 11 deles na Libertadores.

Tricolor no mercado

Em busca de uma opção para o comando do ataque, o Tricolor já tentou a vinda de Luiz Adriano com o Palmeiras. As conversas com o jogador andaram de forma positiva, mas o negócio não avançou entre os dois clubes.

Nas últimas colocações do Brasileirão, o clube gaúcho está no mercado atrás de mais reforços. O CEO do clube, Carlos Amodeo, foi até a Itália para tentar viabilizar a vinda de Hernani junto ao Parma, mas o volante acabou acertando sua transferência para o Genoa.

Para o ataque, o Tricolor tem conversas com Pedro Rocha e busca mais um centroavante para Felipão. Carlos Vinícius, do Benfica, foi um dos nomes analisados, mas o Grêmio caminhou para uma outra frente. A ideia é juntar a cadeia de negociações com a presença de Amodeo na Itália.

Mas a viagem do diretor gremista à Europa também poderá retirar peças no elenco de Scolari. Ele trata da venda de jogadores, casos de Matheus Henrique, Rodrigues e Ruan. Recentemente, o Grêmio rejeitou proposta do Al Ain, dos Emirados Árabes, pelo atacante Ferreira.

Do Globo Esporte

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.