Na manhã deste sábado, o técnico Tite comandou o treino tático da Seleção Brasileira visando o amistoso contra a Nigéria, neste domingo, às 9h (horário de Brasília), em Singapura, e promoveu algumas mudanças na equipe.

Durante a atividade, o comandante promoveu a entrada de Renan Lodi na vaga de Alex Sandro e de Everton Cebolinha no lugar de Philippe Coutinho. Dessa forma, Neymar acabou sendo recuado para fazer a função de meia, em um posicionamento parecido com o que exerce no Paris Saint-Germain.

Dessa forma, caso mantenha a formação utilizada no trabalho deste sábado, Tite levará a campo um Brasil com Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Arthur e Neymar; Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Everton Cebolinha.

A última vitória da Seleção Brasileira foi na final da Copa América, quando venceu o Peru por 3 a 1. De lá para cá, foram três partidas, com dois empates e uma derrota, retrospecto esse que constitui o maior jejum da Era Tite. Neste domingo, às 9h (horário de Brasília), a equipe enfrenta a Nigéria no Estádio Nacional de Singapura.

Da Gazeta Esportiva