Ataque foi contra um centro de imigrantes em Tajoura – Foto: EPA

Pode chegar a 100 o número de mortos em um ataque contra um centro de imigrantes em Tajoura, em Trípoli, na Líbia. Outras 80 pessoas estariam desaparecidas ainda, de acordo com a imprensa internacional. “Há cerca de 100 vítimas dos bombardeios no centro de imigrantes, entre elas muitas mulheres e crianças”, informou o programa “Focus on Africa”, citando declarações de Ismail Mohammed, porta-voz da comunidade de refugiados do Sudão, que conversou com testemunhas da tragédia.

Já a Organização das Nações Unidas(ONU) disse que o ataque é um “crime de guerra”. O enviado da ONU para a Líbia, Ghassan Salamé, afirmou que o ataque “claramente constitui um crime de guerra, já que matou inesperadamente pessoas inocentes cujas condições forçavam-nas a estar naquele abrigo”.

Da AnsaFlash