Talibã alerta Trump para retirar tropas do Afeganistão

Republicano estuda enviar 4 mil norte-americanos para o país

O grupo fundamentalista islâmico Talibã alertou o governo dos Estados Unidos a retirar todos os soldados do Afeganistão em uma carta aberta destinada ao presidente, Donald Trump, nesta terça-feira (15). “Experiências anteriores mostraram que enviar mais tropas ao Afeganistão não resultará em nada além de mais destruição do poder militar e econômico norte-americano”, diz o texto.

Recentemente o governo do republicano informou que está finalizando uma estratégia para a região e que pode incluir quase 4 mil tropas norte-americanas no país.

Segundo os norte-americanos, os militares foram solicitados por comandantes no país, como parte de uma coalizão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). No comunicado, o Talibã ainda criticou o governo de Cabul, que classificou como “fantoches”, “líderes mentirosos e corruptos” e “vendidos repugnantes” que estão pintando para Washington um “quadro róseo” excessivamente otimista da situação no Afeganistão.

“A situação de guerra no Afeganistão é muito pior do que você se dá conta!”, diz a carta que termina dizendo que o conflito poderia ser resolvido com a retirada das tropas estrangeiras. “Agora todos entendem que o principal indutor da guerra no Afeganistão é a ocupação estrangeira”, finalizou.

Da AnsaFlash