Sistema Fecomércio investe R$ 66 milhões em obras e ações neste ano em MS

Balanço dos investimentos e das ações realizadas este ano pelo Sistema Fecomércio foi apresentado nesta terça-feira – Foto: Assessoria

O Sistema Comércio de Mato Grosso do Sul, que engloba a Fecomércio, o Sesc e o Senac, apresentou nessa terça-feira (11) aos conselheiros das entidades um balanço dos investimentos e das ações realizadas este ano em Mato Grosso do Sul. Segundo o presidente da Federação, Edison Araújo, juntas, as duas instituições – Sesc e Senac- investiram mais de R$ 66 milhões no Estado, com recursos próprios e dos departamentos nacionais.

“O Sistema Comércio busca investir cada vez mais no desenvolvimento do Estado, atendendo às demandas do segmento do comércio de bens, serviços e turismo, com a qualificação profissional, melhorando a mão de obra, e também na parte social, com a qualidade de vida das pessoas, por meio da saúde e da cultura. Tivemos um ano difícil para a economia, que nos obrigou a fazer reajustes nas nossas despesas, mas foi um ano em que ampliamos muito as nossas atividades, nas unidades do Sesc e do Senac. Conseguimos aumentar o número de pessoas atendidas e para o ano de 2019 vamos continuar investindo. A expectativa é boa, estamos com várias obras sendo realizadas e queremos iniciar outras, porque acreditamos neste país e no Estado e podemos crescer cada dia mais”, afirma Edson Araújo.

O Senac MS apresentou aos conselheiros os indicadores contábeis e financeiros do ano. Entre os investimentos, destaque para a construção da unidade do Senac Turismo e Gastronomia, com recursos na casa dos R$ 18 milhões, sendo R$ 13 milhões somente para a construção do prédio, mais R$ 4,7 milhões em equipamentos. A unidade concentra a oferta dos cursos nas áreas de gastronomia, hotelaria, turismo e eventos. O empreendimento conta com 10 ambientes pedagógicos diferenciados e inovadores, além do restaurante-escola, com capacidade para atendimento de 80 pessoas. A obra foi inaugurada em maio deste ano.

Outra obra importante para a entidade no Estado é a ampliação da unidade Senac Horto, prevista para ser concluída em 2019. Serão 36 ambientes pedagógicos, com capacidade para atender 12 mil alunos por ano. “Foi um ano de muitas conquistas importantes para o Senac. Mesmo com toda a crise que o país atravessa, conseguimos reservar os recursos e aplicar corretamente em atividades essenciais, como as ampliações e construções de novas unidades, além dos investimentos em infraestrutura dos ambientes educacionais”, explica Vitor Mello, diretor do Senac MS.

A diretora regional do Sesc, Regina Ferro, apresentou o panorama de investimentos do Sesc MS, como a ampliação do Sesc Escola Horto, prevista para ser concluída em 2019 e que contará com salas de aula para o ensino médio e ampliação do pátio interno. O hotel Sesc Bonito também passou por reformas este ano, com investimento de mais de R$ 1,2 milhão. Outra aquisição em Bonito foi o balneário Monte Cristo, que passou a se chamar Sesc Balneário. A cidade de Ponta Porã também recebeu uma unidade compartilhada entre Sesc e Senac. Com um espaço totalmente dedicado à cultura, a unidade do Sesc Cultura foi outro destaque este ano. Inaugurado em maio, o antigo prédio do Exército na avenida Afonso Pena recebeu investimentos de R$ 2,5 milhões. A unidade conta com biblioteca, sala de cinema, galeria de arte e espaços voltados para ações formativas.

“Com planejamento e orientação a gente teve um ano de excelentes resultados. Estamos encerrando o ano com três prêmios voltados para a gestão de pessoas e de negócios, além de inauguração de obras e ampliação de atendimentos dos nossos clientes. É uma satisfação, mesmo diante de um cenário difícil, encerrar o ano tendo conseguido se superar, fazer mais por menos. Sempre priorizamos o atendimento às pessoas, dentro da nossa missão de educar para que a conquista da qualidade de vida, por meio das áreas da educação, saúde e lazer”, afirma Regina Ferro.