Silas Zanata solicitou máquina para triturar pedras e realizar cascalhamento - Divulgação
Silas Zanata solicitou máquina para triturar pedras e realizar cascalhamento – Divulgação

O vereador Silas Zanata (PPS) solicitou à prefeita Delia Razuk (PR) e ao secretário de Obras, Tahan Sales Mustafa, a aquisição de uma máquina trituradora de pedras. Segundo o vereador, a necessidade da compra deve-se ao fato dos pedidos frequentes de cascalhamento em ruas e estradas rurais de Dourados.

Nos últimos anos, os problemas que o município tem enfrentado com a falta de cascalho para a recuperação de ruas vêm causando transtornos, tanto ao poder público quanto a população, que não encontra condições favoráveis para o tráfego. “É comum encontrarmos vários bairros que ainda não foram asfaltados e também estradas rurais em condições precárias de uso, devido alto fluxo de veículos, por chuvas constantes e ações do tempo, que degradam as estradas”, comentou o vereador.

Por se tratar de uma grande necessidade do município, que não possui maquinário específico desse porte, para transformar pedras grandes em cascalho, e ciente de que será de grande avanço na área de cascalhamento do município, é que foi encaminhado essa solicitação ao executivo municipal.

Pontes

Zanata também fez indicação à prefeita e ao diretor do Imam (Instituto Municipal de Meio Ambiente), Fábio Luiz da Silva, para que solicite junto ao Ibama a doação de madeiras apreendidas pelo instituto para a reforma de pontes do município, alegando que em Dourados existem vários locais que necessitam frequentemente de reformas, pois as mesmas se deterioram com a ação do tempo.

Em várias localidades, de acordo com o vereador, a única maneira de travessia dos munícipes das áreas rurais é através dessas pontes que quando estão interditadas por falta de conserto e manutenção, deixando os moradores isolados.

“Nossa solicitação é no sentido de que seja feito um requerimento ao Ibama para realizar a doação de madeiras para ser utilizada na recuperação de pontes, resolvendo assim o problema enfrentado por pessoas que utilizam esses meios de travessia em nosso município”, finalizou o vereador.