Um servidor lotado na PED (Penitenciária Estadual de Dourados) testou positivo para Covid-19. A turma que estava no plantão teve que continuar no serviço para que os outros fossem isolados. Na nota não é especificado quantas pessoas foram afastadas de suas funções na unidade. A penitenciária tem hoje 2,7 mil detentos.

Veja o comunicado

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) informa que um servidor lotado na Penitenciária Estadual de Dourados testou positivo para COVID-19. Diante disso a Agepen está adotando todas as medidas necessárias com relação ao caso e conta com o apoio técnico da Secretaria de Estado de Saúde, Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros.

Todos os servidores do mesmo plantão do servidor, que ele teve mais contato, já foram afastados preventivamente, ficarão sob observação e passarão por testagem. Além disso, a penitenciária está passando por desinfecção geral e todos os cuidados necessários estão sendo adotados também para a preservação da massa carcerária, seguindo as orientações da equipe técnica especializada.

Importante destacar que, conforme orientação da Agepen, todos os servidores em unidades prisionais de Mato Grosso do Sul trabalham com máscaras de proteção, além da disponibilização de álcool 70 para a higienização constante das mãos.

Segundo informações médicas, o servidor em questão está bem. Esse é o segundo caso da doença identificado em servidores da Agepen, o primeiro foi de uma servidora da capital que estava em período de férias e não teve contato com a unidade penal onde trabalha.

A falta dos servidores afastados do plantão na PED está sendo coberta com pagamento de horas extras e com servidores do expediente.

Deputado Zé Teixeira