Senai e Fibria fazem aula inaugural do curso de mecânico de máquinas florestais

O Senai e a Fibria realizaram, nesta quarta-feira (14/06), em Três Lagoas (MS), a aula inaugural do curso de mecânico de máquinas florestais para atender a demanda da nova linha de produção da indústria no município. Além das boas-vindas aos novos alunos, a atividade serviu para explicar as etapas do curso, métodos de avaliações e expectativas.

Segundo o gerente do Senai de Três Lagoas, Antonio Carlos de Campos Faria, a parceria com a Fibria é um projeto que foi denominado Horizonte 2 e consiste na expansão da linha de produção da indústria. “A contribuição do Senai é na formação profissional das pessoas que futuramente irão trabalhar dentro dessa nova linha. O nosso papel é fazer a qualificação dos mecânicos de máquinas agrícolas em curso com carga horária relativamente alta e que tem por objetivo a formação desses profissionais em um primeiro momento para se candidatarem a cargos na Fibria”, destacou.

O gerente de desenvolvimento humano e organizacional da Fibria, Arnaldo Milan, destaca que o objetivo com essa aula inaugural foi apresentar para os alunos os valores da empresa e o que ela busca em seus profissionais, ressaltando a importância da capacitação e disponibilizando todo o cronograma do curso que se inicia. “Essa é uma oportunidade de formação e reciclagem de conhecimentos que abrirá novos caminhos para a carreira desses profissionais, aliando atividades teóricas e práticas”, disse.

Em Três Lagoas, o programa inicia com o curso de mecânico de máquinas florestais e essa é a primeira de duas turmas que serão formadas, que totalizarão 73 mecânicos capacitados. A partir de julho, o município receberá as turmas do curso de operadores de máquinas florestais, que ofertará 183 vagas.

Os cursos são totalmente gratuitos e terão duração de 452 horas/aulas para os cursos de operadores e, 440 horas/aulas para os cursos de mecânicos que possibilitarão o aperfeiçoamento profissional para o desenvolvimento de atividades técnicas voltadas para a área florestal. Os profissionais selecionados firmarão um contrato de estágio junto ao Senai e, durante todo o período de estudo, os alunos receberão benefícios como bolsa-auxílio, assistência médica, seguro de vida, transporte para as atividades práticas na Fibria e almoço.

Alunos 

Para o aluno Roberto Pires, o curso significa o desenvolvimento profissional e isso traz um grande benefício para a cidade porque isso aprimora o conhecimento de todos que estão sendo capacitados. “É o desenvolvimento na contramão da crise que a Fibria está proporcionando para todas as pessoas que estão fazendo o curso e em geral para a cidade também. Estamos contentes esse curso que nós estamos fazendo e gratos, trabalhando bastante para que nós possamos conclui-lo e assim ingressar nessa grande empresa que é a Fibria”, disse.

Já o aluno Rosemiro Vitor de Souza destaca a importância de participa do curso de mecânico de máquinas florestais. “A Fibria e o Senai formaram uma união de grande valia para todos de Três Lagoas porque estão pensando não só no crescimento da cidade, mas também na qualidade de vida dos seus funcionários e no bem-estar de toda população”, avaliou.

O aluno Renan Albino, que é de Campo Grande, ressalta que teve a oportunidade de ir para Três Lagoas e conseguir entrar no curso de mecânico de máquinas florestais. “Creio eu que é uma oportunidade que a Fibria em parceria com o Senai está fazendo uma coisa que ninguém faz, capacitando pessoas para conseguir uma oportunidade melhor. Na nossa sala mesmo, temos gente de todo canto do Estado e até da Bahia e de São Paulo. É uma oportunidade muito boa que a empresa está dando para nós”, garantiu.