Semana do Vestuário iniciou nesta segunda-feira, 04, e prossegue até quarta-feira, 06 – Divulgação

Os turbantes e suas variações estão fazendo a cabeça das mulheres e, atento a essa tendência, o Senai de Campo Grande iniciou a programação da 1ª Semana do Vestuário, que começou nesta segunda-feira (04/11) e prossegue até quarta-feira (06/11), com uma oficina que ensinou para os participantes a confecção de turbantes e suas variações, principalmente as faixas para o cabelo, que prometem fazer ainda mais sucesso como forma de prender o cabelo de forma criativa no calor.

Segundo a instrutora dos cursos de moda e vestuário do Senai de Campo Grande, Sonia Buchara, que ministrou a oficina, a Semana do Vestuário tem como objetivo divulgar os laboratórios da instituição e os trabalhos desenvolvidos na área. “É um segmento que tem muito a se desenvolver em Mato Grosso do Sul. Já a ideia de colocar uma oficina de turbantes na programação surgiu durante as ações relativas ao Outubro Rosa, que busca prevenir o câncer de mama, além de ser uma tendência para esse verão”, comentou.

Ainda conforme Sonia Buchara, os turbantes e suas variações são peças fáceis de fazer, que exigem pouca quantidade de tecido e poder ser produzidas num período de tempo relativamente curto. “Como não é uma peça que exige muitos detalhes e recortes, a gente consegue fazer rápido, de diversas formas diferentes. Aqui os alunos estão produzindo faixas e toucas também, tudo com retalhos de malha, que é um tecido elástico e fresco, portanto, mais confortável”, completou.

Na avaliação do aluno do curso de costura industrial do Senai de Campo Grande, Elbson Afonso Vargas, participar da oficina é uma forma de agregar conhecimento à formação. “Já estou trabalhando numa indústria do vestuário e quero me dedicar ao máximo para ser cada vez mais um bom profissional. Quando soube dessa Semana do Vestuário, no local onde eu já estudo, achei que era uma oportunidade única”, comentou.

Ex-aluna do Senai, Sandra Mara Peralta Cabreira já fez os cursos de costura industrial e costura sob medida e acredita que é preciso se atualizar sempre. “Trabalho em casa, atendendo conforme demanda, mas acho que esses turbantes podem me ajudar a complementar a renda, porque são fáceis, práticos e podem ser feitos com retalhos e sobras de outras peças. Além disso, acho que podem ser um ótimo presente de final de ano para as amigas”, destacou.

Já Deise Vaguela buscou a oficina para aprender a confeccionar turbantes para a nora, diagnosticada recentemente com câncer. “Ela já tinha comentado que gostaria de alguns turbantes no período da quimioterapia, em que os pacientes costumam perder o cabelo, e aí quando vi essa oficina, não pensei duas vezes. Por enquanto, meu foco é ela, mas acredito que vai ser possível presentar toda a família com essas faixas”, finalizou.

Confira abaixo a programação:

05/11 | Terça-feira

13h – Oficina “Modelagem da Base da Blusa usando a Técnica de Crepagem” – Luane Sales

18h30 – Palestra “Como Construir um Armário Inteligente e Sustentável” – Eliza Montes

06/11 | Quarta-feira

13h – Oficina “Estamparia Manual Criativa” – Vagner Gonçalves e Sônia Buchara

19h – Palestra “O Poder da Sua Imagem” – Milena Cassia

19h – Oficina “Estudo de Formas com Nanquim voltado para Design de Moda” – Nayara Bonilha