Sede do Instituto Luiz de Albuquerque em Corumbá recebe restauração

Conhecido como ILA, o edifício abriga um rico acervo e a Fundação de Cultura da cidade

Instituto abriga um rico acervo e a Fundação de Cultura da cidade – Foto: Victor Tetsuo/Iphan

O estilo eclético e a imponente fachada do edifício sede do Instituto Luiz de Albuquerque, mais conhecido como ILA, chamam a atenção de quem passa pela Praça da República, no Centro Histórico de Corumbá (MS). O imóvel foi construído, entre 1918 e 1922, para abrigar a sede de um grupo escolar. Contudo, ao longo dos anos, passou a ser um dos principais exemplares do Patrimônio Cultural da cidade, não só pelos valores históricos e arquitetônicos, mas também porque se tornou uma verdadeira casa da cultura sul mato-grossense.

Esse espaço marcante e simbólico para toda a região será agora restaurado, em obra contratada por mais de R$ 3,2 milhões advindos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). As intervenções serão executadas pela Prefeitura Municipal de Corumbá. O objetivo da restauração é recuperar integralmente o edifício, garantindo os valores estéticos e arquitetônicos que são a sua marca e, assim, contribuir para valorizar e preservar o imóvel. Atualmente, o ILA abriga um importante acervo histórico, duas das maiores bibliotecas do Estado e a Fundação de Cultura de Corumbá. Assim, a intervenção também irá implantar toda a infraestrutura necessária para que ele passe a funcionar como amplo centro cultural, cuja expectativa é de beneficiar até 36 mil pessoas por ano, incluindo alunos das escolas locais, turistas e visitantes em geral.

Hotel Internacional

Além do Casarão do ILA, que terá a restauração iniciada ainda neste mês de julho, outro relevante edifício para a história corumbaense vem passando por intervenções desde abril. O Hotel Internacional, construção eclética do início do século XX, também será integralmente recuperado. Trata-se de ação conjunta entre o Iphan e a Prefeitura, que conta com investimentos de R$ 2,5 milhões, advindos da autarquia federal. A proposta é preservar a edificação, que se encontrava em avançado estado de degradação, adequando-a para receber o público e um rico acervo histórico dedicado à evolução urbana de Corumbá, além de uma área de uso administrativo.

Localizado na Rua Frei Mariano, o imóvel que abrigou por muitos anos o antigo Hotel Internacional também é parte do Centro Histórico da cidade. Ele integra a área de entorno do Conjunto Histórico, Arquitetônico e Paisagístico de Corumbá, tombado pelo Iphan como Patrimônio Cultural Brasileiro ainda em 1993. Assim como o ILA, o Hotel é parte de uma série de ações e investimentos que o Iphan, autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, vem fazendo na região nos últimos anos e que já soma R$ 5,7 milhões investidos. Entre esses investimentos estão as realizações das obras das praças da República e da Independência, a requalificação urbanística e implantação da passarela que liga a parte alta e a parte baixa da cidade, além da restauração da Igreja de Nossa Senhora da Candelária – estando as duas últimas em fase final de execução.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui