Saúde destina R$ 144 milhões para construção de Centro Hospitalar na Fiocruz

O Centro Hospitalar para a Pandemia de Covid-19 se somará aos esforços dos governos estadual e municipal do Rio de Janeiro para enfrentamento à doença

Pacientes infectados com a Covid-19 passam a contar com mais uma unidade de saúde especializada no atendimento de pacientes em estado grave. O Ministério da Saúde destinou R$ 140 milhões para a construção do Centro Hospitalar Fiocruz para a Pandemia da Covid-19 que será implantado no Rio de Janeiro (RJ). Neste novo espaço, também serão realizadas ações do ensaio clínico Solidariedade (Solidarity), da Organização Mundial da Saúde (OMS). A iniciativa, que receberá investimento de R$ 4 milhões do Ministério da Saúde, tem o objetivo de investigar a eficácia de quatro tratamentos para a Covid-19.

O espaço contará com 200 leitos exclusivos de tratamento intensivo e semi-intensivo para pacientes graves infectados pelo coronavírus. A presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade, reforça que a instituição está comprometida em auxiliar o Sistema Único de Saúde (SUS). “A unidade hospitalar se somará aos esforços dos governos estadual e municipal para ampliação do acesso a leitos de UTI e ventilação mecânica, reduzindo a sobrecarga no sistema de saúde e, com isso, a letalidade da doença”, informou.