Sanesul perfura poços e amplia capacidade de produção nos municípios

Empresa investiu em novos poços em todas as regionais; Apesar da água tratada já ser universalizada, as obras de infraestrutura são permanentes para acompanhar o crescimento populacional nas cidades

Novo poço CNS-014 em Coronel Sapucaia – Acom/Sanesul

Dois novos poços estão sendo finalizados neste mês de novembro. A Sanesul está ativando o CAM-021 na cidade de Camapuã e o BON-016 em Bonito.

A Empresa de Saneamento de MS está investindo na ampliação do sistema e abastecimento de água dos municípios, atendendo as demandas que surgiram neste ano de 2020 durante a estiagem, e executando os projetos que fazem parte do Plano de Investimento que cada município atendido pela empresa possui.

O Plano de Investimento prevê obras em longo prazo e permite que os profissionais da empresa monitorem cada sistema, identificando a necessidade de antecipar ou não as obras, seja de captação, reservação ou distribuição de água tratada.

“A capacidade de produção, o crescimento populacional e o consumo per capta são termômetros para a Sanesul. De acordo com a alteração desses números e a projeção de desenvolvimento da cidade, a empresa aumenta a sua capacidade de atendimento. Hoje, a água tratada é ofertada para todos os moradores de todas as cidades atendidas, ou seja, ela é universalizada. Este ano foi totalmente atípico devido ao forte calor e estiagem prolongados, atingindo diretamente a produção natural de água de poços. Para isso, a empresa mantém um plano de contingência, e antecipou a perfuração e ativação de novos poços em algumas cidades”, explica Elthon Santos Teixeira – Gerente do Sistema de Abastecimento de Água da SANESUL.

Em Camapuã, o CAM-21, atenderá o sistema isolado no bairro Vila Industrial, onde já existe uma estrutura da empresa com reservatório, ele será ativado ainda este mês.

Em Bonito, foram perfurados dois poços, o BON-015 e BON-016. O primeiro foi perfurado na área do Solar dos Lagos, com capacidade de 12 mil litros por hora, enquanto que o segundo foi perfurado no centro da cidade, no Bairro Boa Vista, com 102 metros de profundidade e capacidade de produção de 72 mil litros por hora. Com esse acréscimo de produção mantemos seguro todo abastecimento da cidade.

Todo trabalho de perfuração e ativação é acompanhado pela Diretoria Comercial e de Operações – DCO, que desenvolve ações estratégicas para as cidades, em conjunto com a Gerência de Abastecimento de Água- GESAA e a Gerência de Manutenção da Sanesul-GEMA na ativação dos poços.

Números de poços em produção de água (2015 – 2020)

Segundo a Gerência de Manutenção (Gema) da Sanesul, cerca de 60 poços entraram em funcionamento entre 2015 e 2020. O investimento em captação aconteceu em todo o Estado, nas 10 regionais da empresa. A maior quantidade está localizado nas cidades onde não há captação em rios, ou seja, onde a produção da unidade é baseada apenas em captação subterrânea.

Atualmente a Sanesul está em 128 localidades no Estado, entre municípios e distritos. Para atender a demanda, produz (capta, trata e distribui), em média 10,5 bilhões de litros de água tratada/mês, para cerca de 1.381.844 sul-mato-grossenses.

A maioria dos municípios atendidos pela Sanesul possui o abastecimento de água feito por poços, ao todo são 445 poços em atividade.

A distribuição de água tratada é universalizada em todas essas localidades.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.