Sanesul e Agepen debatem projeto para combater perdas de água nos presídios do Estado

A proposta foi tema da reunião realizada nesta segunda-feira na Sanesul – Acom/Sanesul

A Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) e a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) querem combater as perdas de água em estabelecimentos penais de Mato Grosso do Sul.

A proposta foi tema da reunião realizada nesta segunda-feira, 06 de Julho, entre o diretor-presidente da Sanesul Walter Carneiro Jr. e o diretor–presidente da Agepen/MS Aud de Oliveira Chaves, com a participação, também, do diretor Comercial e de Operações da Sanesul Onofre Assis, o diretor  de Administração e Finanças da Agepen Rodrigo Rossi Maiorchini, e o Coordenador de Política Penitenciária (Sejusp) Rafael Garcia.

A direção da Agepen solicitou apoio para que a empresa de saneamento faça a verificação de vazamentos ‘invisíveis’ e manutenção da infraestrutura de abastecimento interno em presídios do interior do Estado. Um trabalho de igual proporção já foi realizado na Penitenciária Estadual de Dourados onde foram obtidos bons resultados com baixa nas perdas e em economia de água tratada. Agora, o objetivo é estender a proposta para outras unidades.

“Sanesul e Agepen estão em fase de planejamento, mas é uma solicitação possível de ser atendida. Acreditamos que muito em breve vamos celebrar o convênio para fazer este trabalho buscando combater qualquer tipo de desperdício em todas as unidades penais”, comentou o diretor-presidente da Sanesul.

De acordo com os diretores da Sanesul e Agepen, o projeto é de extrema relevância principalmente pela economia de gastos e o bom uso dos recursos.

A Sanesul já tem experiência e promove ações que são aplicadas nos municípios com o objetivo de otimizar a distribuição de água de cada região e, consequentemente, reduzir o índice de perdas.

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui