Saiba como melhorar o currículo durante a quarentena

Aumento reflete busca do brasileiro por maior capacitação profissional

Diante do cenário de incertezas causado pela pandemia do novo coronavírus, o maior tempo em casa trazido pelo isolamento social fez com que as buscas por qualificação profissional em cursos online aumentassem.

Isso porque, apenas no mês de abril, houve aproximadamente um milhão de demissões no Brasil, segundo dados estimados pelo Ministério da Economia. Os cursos via internet são uma das alternativas para que, tanto quem foi afetado profissionalmente, quanto quem não foi, atinja maior segurança no mercado de trabalho.

É o que explica o crescimento na procura por aulas online em diversas plataformas entre março e abril, início da quarentena na maioria dos estados brasileiros. O Senac, instituição brasileira de educação profissional, por exemplo, recebeu  450 mil novas matrículas nos cursos remotos nesse período.

Outra empresa, a Catho Educação, divulgou que houve um aumento de 68% nas matrículas para cursos EAD ou semipresenciais. Os números mais altos também foram registrados pela escola de idiomas Babbel: um salto de 25%.

Desemprego está diretamente ligado à falta de qualificação

Uma pesquisa feita pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) em anos anteriores já revelava que a solução para uma grande parcela do desemprego no Brasil seria a busca por capacitação profissional. Os dados indicam que cerca de 37,7% das pessoas estão sem emprego pela falta de capacitação teórica.

A falta de qualificação ainda foi mais apontada pelos entrevistados como motivo de não identificação com a vaga do que outros motivos como baixo salário, longa distância de casa, jornada excessiva de trabalho, falta de dinheiro para a procura de ocupação, ausência de conhecimento sobre onde procurar trabalho ou discriminação no processo seletivo.

Qualificações que fazem diferença no currículo

Além das habilidades técnicas, aquelas que se relacionam com a compreensão de como desenvolver as tarefas de cada cargo específico, há outras que se aplicam a diversas áreas e chamam a atenção de outro profissional importante: o formado na faculdade de Recursos Humanos (https://www.unicid.edu.br/graduacao/gestao-recursos-humanos/) (RH), responsável pelo processo de atração, seleção, entrevista e contratação de novos colaboradores. Algumas delas são:

  • autoconhecimento;
  • dominar um segundo idioma;
  • liderança;
  • organização pessoal;
  • comunicação efetiva.

Todas essas capacidades ajudam a colocar o profissional em destaque e podem ser adquiridas ou desenvolvidas a partir de cursos online.