Mina de Serra Azul, em Itatiaiuçu, está no nível 2 de alerta – Foto: CBMMG/Divulgação

A Defesa Civil de Minas Gerais informou nesta quinta-feira (4) que cerca de 30 famílias foram evacuadas de suas casas por conta do risco de rompimento da barragem da Mina de Serra Azul, em Itatiaiuçu.

A medida foi tomada pela empresa ArcelorMittal, operadora da mina, após um novo estudo com “premissas mais conservadoras” realizado na área. A mineradora atualizou o número de casas que seriam atingidas caso a barragem se rompesse e identificou que seria necessário retirar mais famílias do local.

Segundo o tenente-coronel Flávio Godinho, coordenador-adjunto da Defesa Civil do estado, a estrutura da barragem está desde fevereiro no nível dois de alerta de risco. Na ocasião, 48 famílias deixaram suas residências.

A ArcelorMittal pediu desculpas para as famílias e afirmou que “a segurança deve sempre vir em primeiro lugar”. Além disso, a mineradora destacou que “não houve nenhuma alteração no nível de emergência da barragem”.

“A Mina de Serra Azul está realizando novas ações e estudos complementares para avaliar as opções para retornar ao plano de descomissionamento da barragem de rejeitos de maneira segura. Após conclusão das melhorias para recuperar o fator de segurança, que estão em andamento, a empresa irá executar o descomissionamento da estrutura”, explicou a empresa em uma nota.

Além de Itatiaiuçu, o risco de rompimento da barragem da Mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais, fez a Vale retirar mais de 400 pessoas de suas residências.

Da AnsaFlash