Reforma nos blocos migrou alguns atendimentos e a Farmácia Plantão. Meta é manter a eficácia conquistada nos últimos anos 

Blocos 4, 5 e 6, que abrigam a fisioterapia, banheiros e esterilização, e das salas de exames de imagens e raio-x, são os primeiros a receberem pequenas demolições – Foto: A. Frota

Foi iniciada na segunda-feira (7), primeiro dia após o recesso de fim de ano da Prefeitura de Dourados, a execução de serviços de manutenção do prédio do Pronto Atendimento Médico (PAM) em Dourados. As ações abrangem os blocos da fisioterapia, de exames de imagem e dos banheiros. 

No contexto dos projetos, os blocos 4, 5 e 6, que abrigam a fisioterapia, banheiros e esterilização, e das salas de exames de imagens e raio-x, são os primeiros a receberem pequenas demolições para troca de janelas, portas, louças sanitárias, adequações de acessibilidade e posterior reparo nos telhados. 

A revitalização ocorrerá de forma setorizada para não prejudicar parte do atendimento no local que é referência para Dourados e região. Na segunda parte, outros três blocos, que abrigam o administrativo, consultórios e recepção terão as mesmas atividades e, ainda, troca de piso. Além disso, será feita toda a recuperação da área externa, incluindo cercado, calçamento, piso tátil e a pintura de toda a estrutura. 

Desde que assumiu a administração de Dourados, a prefeita Délia Razuk buscou parcerias para melhorar a estrutura do PAM, e o início dos reparos é um marco para a unidade, que tem mais de 30 anos. A prefeita sempre destaca que, mais importante do que angariar novas obras, a estrutura que Dourados já tem precisa ser cuidada e o PAM é mais uma unidade que recebe esta atenção graças a um trabalho que conquistou parcerias políticas. “Estou feliz em participar deste momento da revitalização do PAM. Entramos neste mandato com esta demanda na lista. As reivindicações pelo PAM são antigas, são de todos. Que possamos ter tranquilidade para fazer mais”, disse a prefeita, lembrando que a população aguardava ansiosa por alguma mudança no local. 

A prefeita destacou que, já no primeiro ano de administração, a conquista foi no atendimento. Em meio às buscas por melhorar o local, a Secretaria de Saúde implantou uma gerência que potencializou o atendimento do PAM, com aumento de até 125%. “Que esta reforma traga mais qualidade de vida para os funcionários e pacientes que usufruem do atendimento do PAM e que este atendimento seja ainda melhor”, disse a prefeita. 

Atendimentos

O PAM tem uma área construída de 1.392 metros quadrados, onde são oferecidos atendimentos em várias especialidades médicas, serviço de fisioterapia, psicologia, nutrição e enfermagem. O Pronto Atendimento foi instituído há mais de 30 anos, atende milhares de pacientes mensalmente, sendo pessoas de Dourados e região. 

Conforme a Secretaria de Saúde, os serviços que eram prestados nos três blocos que tiveram a revitalização iniciada foram migrados. O atendimento em fisioterapia será prestado em uma sala que estava vaga na Policlínica de Atendimento Infantil (PAI). Para não congestionar com o atendimento infantil, o acesso será pelo estacionamento. 

Os serviços de ultrassom serão designados à Clínica de Atendimento à Mulher (CAM). Em parceria firmada com o Governo do Estado, o raio-x terá a demanda atendida no Hospital Regional. O Hospital Universitário também atenderá neste sentido. A Ouvidoria da Saúde atenderá na sede do Conselho de Saúde. Cada exame ou tratamento necessário demandado pelo PAM é regulado pelo Sisreg e o sistema já dá o endereço para onde o paciente precisa se dirigir.