Estação de Tratamento de Água e escritório da Sanesul em Jardim – Divulgação/Sanesul

No fim do contrato, está previsto o município sair dos 25% para aproximadamente 82% de cobertura de esgoto

O serviço de saneamento no abastecimento de água tratada e coleta e tratamento de esgoto no município de Jardim é realizado pela Sanesul, que na atual gestão viabilizou para obras (concluídas/em execução/ a executar) cerca de R$ 17,1 milhões.

Recentemente, o prefeito de Jardim, Guilherme Alves Monteiro, conversou com o grupo de trabalho multidisciplinar instituído para as revisões dos Contratos de Programa, quando foram revistas as metas do contrato, e que prevê os investimentos dos próximos anos.

Metas para os próximos anos – O Plano de Investimento de Jardim contempla mais recursos do Avançar Cidades que deverão aumentar significativamente a cobertura de Esgotamento Sanitário. No final de contrato, está previsto o município sair dos 25% para aproximadamente 82% de cobertura. A ampliação da ETE- Estação de Tratamento de Esgoto do município também vai acompanhar o crescimento populacional.

Muitas famílias serão beneficiadas e terão seu esgoto doméstico coletado e tratado, forma correta que refletirá em melhor qualidade de vida.

Contrato de Programa – A revisão de metas é uma exigência contratual periódica e a empresa instituiu um grupo de trabalho multidisciplinar para a revisão de todos os Contratos de Programa assinados em atendimento aos requisitos da Lei 11.445. Outros municípios estão em processo de revisão.

Distribuição de recursos na atual gestão  – Dos recursos existentes, para melhorias no abastecimento de água em Jardim, a Sanesul já viabilizou cerca de R$ 4 milhões em recursos próprios.

Para os serviços de ampliação de esgotamento sanitário, são cerca de R$ 10,8 milhões em recursos próprios, e outro R$ 1 milhão do Governo Federal (via Funasa). A Sanesul busca a universalização deste serviço no município, assim como em todos os demais municípios operados. Em investimentos operacionais, como a construção do escritório de atendimento e a compra de equipamentos, a estatal investiu mais de  R$ 1,3 milhões.

Obras em execução – Atualmente, as equipes realizam obras de substituição e ampliação de 2.283m de rede de distribuição de água, e mais de 190 novas ligações domiciliares.

No Sistema de Esgotamento Sanitário, está sendo feito 42.8 km de rede coletora de esgoto, 2.329 ligações domiciliares de esgoto. Esta, dentro do programa Avançar Cidades.