Autoridades informam que o prédio não foi atingido

Líbia vive uma guerra civil desde 2011 – Foto: Ansa

Uma bomba explodiu nesta terça-feira (4) em um reservatório de combustível vizinho ao prédio em que a embaixada norte-americana em Trípoli, na Líbia, funcionou até 2014. O fogo não atingiu o prédio e não houve feridos. As causas do incidente estão sendo investigadas.

“O edifício não sofreu impacto no incêndio ao reservatório de combustível de hoje, ocorrido nas proximidades da embaixada”, tuitou a representação diplomática norte-americana na Líbia. A embaixada teve de transferir suas operações para a Tunísia após o agravamento dos conflitos no país, que vive em guerra civil desde 2011.

Ao menos 50 pessoas morreram e 138 ficaram feridas no últimos 9 dias em confrontos nos subúrbios de Trípoli. A missão da Organização das Nações Unidas contabiliza 21 mortes entre civis, incluindo mulheres e crianças. A Líbia vive um cenário de instabilidade desde a queda do ditador Muanmar Kadafi, em 2011, mas a situação voltou a se agravar na semana passada, após uma milícia se levantar contra o governo de união nacional liderado pelo primeiro-ministro Fayez al-Sarraj, que é reconhecido pela comunidade internacional.

A ofensiva é liderada pela “Sétima Brigada”, também chamada de “Kanyat”, em função da família que a comanda, os Kani, e é baseada em Tarhuna, 90 quilômetros a sudeste de Trípoli. Oficialmente, o objetivo dos ataques é “limpar” a capital das “milícias corruptas”.

Da AnsaFlash