O Deputado Renato Câmara(MDB) – Foto: Assessoria

O deputado estadual Renato Câmara (MDB) apresentou nesta semana na Assembleia Legislativa requerimentos para retornar os trabalhos da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, da Frente Parlamentar para a Regularização Fundiária e da Frente Parlamentar para o Desenvolvimento das Unidades de Conservação Ambiental do Mato Grosso do Sul.

Conforme o parlamentar, a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa faz a articulação do Legislativo entre o Executivo e conselhos, no sentido de, juntos, buscarem atender as necessidades do indivíduo com mais de 65 anos. Na última Legislatura, o grupo de trabalho obteve várias conquistas, entre elas as criações do Fundo Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, do selo Empresa Amiga da Terceira Idade e da campanha Junho Violeta/Prata.

A Frente Parlamentar para a Regularização Fundiária discute, propõe e acompanha a execução de políticas públicas relacionadas ao tema em Mato Grosso do Sul. Entre outras ações, o grupo lançou o Manual da Regularização Fundiária Urbana e encaminhou ao Tribunal de Justiça minuta que visa regulamentar o procedimento para a abertura de matrículas originadas de registro de georreferenciamento de imóveis rurais e desmembramentos com certificação emitida pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Já a Frente Parlamentar para o Desenvolvimento das Unidades de Conservação Ambiental possui finalidade de construir ações unificadas em função de interesses comuns, independente do partido político, voltadas à preservação do meio ambiente. “Queremos a reedição dessas frentes para garantir a continuidade dos trabalhos em prol do povo e do Estado de Mato Grosso do Sul”, afirmou Câmara, idealizador das frentes parlamentares.