Reiterando que ninguém está imune, diretor da OMS deseja rápida recuperação para Bolsonaro

Tedros Ghebreyesus, diretor da OMS – Foto: EPA

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, desejou uma boa recuperação para o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, após o teste positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2).

“Nenhuma nação está imune e nenhum indivíduo está a salvo. Esperamos que sua excelência, o presidente Bolsonaro, esteja bem e se recupere rapidamente. Espero que os sintomas sejam leves e sua excelência esteja de volta à ativa o quanto antes para apoiar seu país”, disse o diretor ao ser informado sobre o caso.

Ghebreyesus lembrou que o mundo deve se unir para combater o vírus “tão perigoso” e que ele é o “inimigo público número 1”.

Quem também se manifestou na coletiva foi o diretor de Emergências do órgão, Michael Ryan, que ressaltou que “ninguém está protegido”.

“Todos somos vulneráveis, todos estamos potencialmente expostos” à Covid-19, acrescentou Ryan. Bolsonaro informou nesta terça-feira (07) que contraiu o vírus e que ficará em isolamento.

Da AnsaFlash

DEIXE UM COMENTÁRIO/RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui