Reinaldo entrega obras e autoriza novos investimentos em Porto Murtinho

Governador esteve nesta sexta-feira em Porto Murtinho, onde autorizou recursos para casas, asfalto e pontes - Foto: Chico Ribeiro
Governador esteve nesta sexta-feira em Porto Murtinho, onde autorizou recursos para casas, asfalto e pontes – Foto: Chico Ribeiro

Investimentos de R$ 7,6 milhões do Governo do Estado em Porto Murtinho contribuem para o desenvolvimento da cidade e para a melhora da qualidade de vida da população. Nesta sexta-feira (25.8), o governador Reinaldo Azambuja autorizou licitação para recuperar todo o pavimento do centro da cidade, aprovou contratação de projeto para reformar a Escola Estadual José Bonifácio e liberou o início da construção de dezenas de casas populares do Residencial Dom Pepe.

“São ações de governo que melhoram a qualidade de vida das pessoas, dão um aspecto melhor à cidade e geram oportunidades ao povo de Porto Murtinho. E, assim como estamos fazendo aqui, investimos em todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul, trabalhando para tornar o MS um estado mais forte”, disse o governador.

Recuperação de ruas

Entre as obras lançadas pelo governador em Porto Murtinho está a restauração funcional do pavimento das ruas centrais. Reinaldo autorizou a licitação da primeira etapa da intervenção, estimada em R$ 996.209,14, e aprovou a contratação do projeto para a segunda etapa, orçada em R$ 1.504.000,00. O governador ainda liberou a elaboração de projeto para reformar a Escola Estadual José Bonifácio – investimento previsto de R$ 1,5 milhão.

“Vamos fazer a recuperação total dessa escola que há anos precisa. Essa obra vai melhorar a estrutura e contribuir para o melhor aprendizado dos nossos alunos. Já o recapeamento das principais ruas da cidade, que vai custar R$ 2,1 milhões, foi autorizado para melhorar a infraestrutura, corrigir o asfalto antigo que vai se deteriorando e dar melhores condições para as famílias”, afirmou o governador.

Construção de 67 casas

Na área da habitação, o governador autorizou o início imediato da construção de 27 bases residenciais no Loteamento Dom Pepe. Na construção são aplicados R$ 277,3 mil. Reinaldo ainda reforçou o investimento na construção de 40 casas populares no Loteamento Dom Pepe I (R$ 1,2 milhão, sendo R$ 200,9 mil do Governo do Estado) e na obra de pavimentação e drenagem na área residencial (R$ 825,7 mil).

Segundo o governador, só nos dois conjuntos habitacionais são investidos mais de R$ 1,3 milhão. “Vamos entregar todas essas moradias com esgoto, drenagem e infraestrutura completa. Estamos dando condições dignas aos novos moradores”, garantiu.

As intervenções são comemoradas pela população, ainda mais porque a construção das 40 moradias do Loteamento Dom Pepe I ficou por quase quatro anos paralisada, devido a problemas graves de drenagem. “Ganhar essa casa, depois de todos esses anos de problemas, é uma benção de Deus. Agradeço muito ao nosso governador por realizar esse nosso sonho. Ter uma casa própria e a melhor coisa da nossa vida”, afirmou o aposentado José Carlos Ribeiro, 62 anos, um dos contemplados.

Já o autônomo Cláudio Antônio Cristal, de 44 anos, celebrou a conquista de ser um dos beneficiários do programa Lote Urbanizado. “Fazia tempo que que esperava pela casa própria. É muita luta para chegar até esse objetivo, mas agora eu consegui e vou construir”, explicou. Por meio do programa, a prefeitura doa o terreno, o Estado constrói a base da casa e o cidadão selecionado termina a edificação (paredes, telhados e acabamento).

Entrega de pontes

Obras que integram e contribuem para o desenvolvimento de Porto Murtinho foram entregues oficialmente para a população nesta sexta-feira. O governador Reinaldo Azambuja inaugurou duas pontes de concreto na cidade, que, juntas, somam investimentos de R$ 2,4 milhões. A primeira estrutura foi construída sobre o Rio Amonguijá, no trecho da rodovia vicinal entre Porto Murtinho e Morro São Pedro. (Investimento de R$ 1.511.483,88). A segunda sobre o Córrego São Lourenço, no trecho da rodovia vicinal entre a BR-267 e MS-458 (Investimento R$ 806.517,60).

Expedição Bioceânica

Também em Porto Murtinho, o governador Reinaldo Azambuja se reuniu com autoridades paraguaias e acompanhou a saída da expedição da Rota de Integração Latino Americana – RILA. Composta por uma comitiva de 100 empresários do setor de transporte, técnicos e autoridades, divididos em 30 grupos – a expedição tem o objetivo de verificar in loco as condições do novo corredor bioceânico há anos projetado para ligar o Brasil ao Oceano Pacífico, e que quando consolidado deve alavancar o turismo e a economia da cidade portuária, além de todo o Mato Grosso do Sul.

“Com apoio político dos quatros países, Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, nós vamos construir uma ponte sobre o Rio Paraguai, ligando Porto Murtinho a Carmelo Peralta – que será a longo e médio prazo o grande canal de escoamento das riquezas de todo o Centro-Oeste brasileiro. É uma rota que tem apoio político, já tem um tratado assinado pelos quatro países, e que encurta caminhos, economizando 11 mil quilômetros do Brasil até os países asiáticos”, explicou o governador.

Governo municipalista

Durante a agenda na cidade, o prefeito Derley Delevatti destacou o governo municipalista feito por Reinaldo. “Governo que administra para todos e com todos. Isso está acontecendo aqui, estamos com um objetivo comum: a melhoria e o desenvolvimento de Porto Murtinho”, pontuou. Derley ainda agradeceu ao governador os investimentos já realizados na cidade. “Hoje temos a malha viária da cidade em ótima situação graças ao governo que conseguiu dar essa condição, agradeço não somente o que está sendo feito hoje, mas por tudo que já foi feito”, comunicou.

Estiveram presentes na agenda do governador em Porto Murtinho o senador Pedro Chaves; os deputados federais Zeca, Geraldo Resende e Teresa Cristina; o deputado estadual Paulo Corrêa; os secretários estaduais Eduardo Riedel (Segov) e Marcelo Miglioli (Seinfra); prefeitos da região e demais autoridades municipais e estaduais. No decorrer da agenda, ainda foram entregues à cidade aparelhos de raio-x, ultrasson e autoclave, além de uma patrulha mecanizada – todos adquiridos por meio de emendas parlamentares dos deputados federais já mencionados.