Reinaldo entrega nova rotatória da Mato Grosso com Via Parque em Campo Grande, e trânsito melhora em 80%

Governador entregou nova rotatória que custou R$ 1,6 milhão aos cofres do Governo do Estado – Foto Edemir Rodrigues
Governador entregou nova rotatória que custou R$ 1,6 milhão aos cofres do Governo do Estado – Foto Edemir Rodrigues

Emblemática para motoristas campo-grandenses, a nova rotatória das avenidas Mato Grosso e Nelly Martins, a Via Parque, melhora o trânsito da região em 80%. A estimativa é de equipes de engenharia de tráfego do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) e da Agência Municipal de Transporte e Trânsito de Campo Grande (Agetran). “Os primeiros dias de funcionamento já têm mostrado resultado na medição que temos feito”, revelou o diretor-presidente do Detran, Gerson Claro.

O encontro das duas avenidas sempre foi considerado o pior ponto crítico da cidade para o tráfego de veículos, afirmou o diretor-presidente da Agetran, Janine Bruno. Em horários de pico, o congestionamento podia chegar a 30 minutos, contou o presidente do bairro Novo Maranhão, Elias Santana. “Especialmente na hora de entrada e saída de escola. Sempre que ia levar meu filho eu ficava parado”, falou.

Com a readequação da rotatória, “a solução definitiva para o problema do estrangulamento do trânsito foi encontrada”, garantiu o governador Reinaldo Azambuja. “Há anos procurando solução definitiva para esse ponto. Com responsabilidade, encontramos uma solução mais barata e que vai funcionar. Aplicamos recursos de R$ 1,6 milhão e agora acreditamos que funcione bem”, ressaltou o governador durante a entrega oficial da obra, nesta quarta-feira (16.8)

Investimento

A obra de readequação da rotatória das avenidas Mato Grosso e Nelly Martins (Via Parque) foi entregue à população após quase cinco meses de obras. As intervenções no local, feitas para dar mais fluidez ao trânsito, custaram R$ 1,6 milhão aos cofres do Governo do Estado. O recurso foi repassado à Prefeitura de Campo Grande, gestora da obra, por meio de convênio com o Detran.

“Essa rotatória era estresse para todos os motoristas que usavam essa via. Mais de 35 mil veículos transitam aqui. Entendo que a entrega dessa obra é uma prática de serviço, para os dias atuais, econômica, de alta resolutividade e que vai atender aos anseios dos motoristas”, disse o prefeito Marcos Trad.

Modificações

Na nova rotatória foram instalados quatro conjuntos de semáforos inteligentes – equipados com controladores que organizam o tempo de duração dos sinais verde e vermelho conforme o fluxo de veículos. A readequação ainda ampliou o número de faixas de rolamento da avenida Mato Grosso, de duas para três.

Outra mudança feita foi a implantação de um novo trecho de avenida Teodorowick (entre as avenidas Antônio Maria Coelho e Mato Grosso), que serve como opção de acesso ao Parque dos Poderes e ao bairro Carandá Bosque. Também houve intervenções na drenagem das vias.