O Fisco não forneceu mais detalhes sobre o caso

Informações fiscais do presidente Jair Bolsonaro e de membros de sua família foram acessados – Foto: Antonio Cruz/ ABr

A Receita Federal acionou a Polícia Federal (PF) para investigar o acesso, por parte de funcionários do órgão, a informações fiscais do presidente Jair Bolsonaro e de membros de sua família.

Em nota oficial, a instituição informou que uma sindicância foi aberta para apurar as circunstâncias em que os dois funcionários do órgão realizaram o acesso. “A sindicância concluiu que não havia motivação legal para o acesso e, por esta razão, a Receita notificou à Polícia Federal ao mesmo tempo em que iniciou procedimento correcional, visando apurar responsabilidade funcional dos envolvidos”, acrescentou o texto.

O Fisco não informou quando ocorreu o acesso aos dados nem forneceu mais detalhes sobre o caso. No entanto, de acordo com o jornal “O Globo”, um dos servidores da instituição é Odilon Ayub Alves, funcionário da unidade da Receita de Cachoeiro de Itapemirim (ES). Ainda segundo a publicação, o homem teria prestado depoimento à Polícia Federal e foi liberado. Nenhuma informação foi revelada.

Da AnsaFlash