Governador Reinaldo Azambuja lançou na manhã de hoje o projeto Agricultura Urbana – Foto: Chico Ribeiro

Transformar vazios urbanos em fonte de alimento, renda e aprendizagem. Esse é o objeto do projeto Agricultura Urbana, lançado nesta segunda-feira (21) pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo prefeito Marquinhos Trad, na Escola Municipal Professor Fauze Scaff Gattass Filho, no bairro Nova Campo Grande.

Campo Grande possui 80 hortas comunitárias. A intenção é de, em pouco mais de um ano, mais do que dobrar esse número. “Pode melhorar a renda da comunidade, ocupação de espaços vazios e o aprendizado [no caso das hortas em escolas]. Nós resgatamos a ocupação de alguns espaços vazios, com algo produtivo, podemos fazer hortas orgânicas, sem qualquer tipo de inseticida. Vamos sair de 80 para 200 hortas comunitários. E é um projeto inovador com o engajamento da comunidade e a família cuidando do canteiro”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Governo do Estado e Prefeitura assinaram um Termo de Cooperação para implementar o programa nas escolas públicas da Capital, em instituições que atuam no campo social, em comunidades em situação de risco alimentar e associações comunitárias.

Além da ampliação da quantidade, a parceria será responsável por revitalizar e reorganizar as hortas comunitárias já implantadas na Capital. Tudo com acompanhamento e assistência técnica da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedesc).

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, explicou que resíduos das Ceasa (Centrais de Abastecimento de Mato Grosso do Sul) serão usados para a fabricação de adubos orgânicos, que vão para essas hortas comunitárias.

Já o prefeito Marquinhos Trad destacou a parceria com o Governo do Estado e com a bancada federal, por meio de emenda do deputado Luís Ovando, que possibilitou o lançamento do projeto. Ele afirmou que é um projeto feito “com várias mãos”, de forma harmônica. Os recursos financeiros são do Governo do Estado, com contrapartida da emenda parlamentar.

Também participaram do evento, além de Reinaldo Azambuja, Marquinhos Trad e Jaime Verruck; o deputado Luís Ovando; secretários Carlos Alberto de Assis e Eduardo Riedel; primeiras-damas Fátima Azambuja e Tatiana Trad; vice-prefeita Adriane Lopes; comandante do Corpo de Bombeiros Militar, Coronel Joilson do Amaral; jogadora de vôlei Virna; a diretora da escola, Tânia Vital; e secretários municipais, entre outras autoridades.